Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Inverno em Recife é epoca de muita chuva

28/06/2010 às 15:44
por Josélia Pegorim

A se
mana começou com mais chuva em Recife. Desde o começo da manhã do domingo, as pancadas de chuva quase estão constantes, variando de fraca a moderada a intensidade. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre 9 horas de ontem e 9 horas de hoje, choveu 37,2 milímetros. Esta quantidade nem compara aos mais 100 milímetros registrados entre os dias 16 e 17 de junho, ou aos quase 150 milímetros entre 17 e 18 de junho. Mas na situação atual, qualquer gota a mais sobre o leste de Pernambuco só vai aumentar os problemas da população. Chover 100 milímetros em 24 horas significa muita chuva em qualquer lugar do planeta. Dependendo das condições estruturais do lugar, onde cai toda esta água, é quase inevitável ter alagamentos. Em Surubim, no interior de Pernambuco, choveu quase 130 milímetros entre os dias 17 e 18 de junho. Só que a média normal para o mês é de 97 milímetros. Entre os dias 16 e 18 de junho, Recife recebeu 266 milímetros de chuva. Chover muito na capital pernambucana nesta época não é novidade. Historicamente, junho é o mês mais chuvoso, o que quer dizer que a média de chuva é mais alta na escala anual. O total acumulado do dia primeiro de junho até 9 horas do dia 28 está em torno de 534 milímetros, valor 37% acima da média. Até o fim da semana, Recife e todo o litoral de Pernambuco, as cidades da zona da mata e do agreste pernambucano vão continuar tendo pancadas de chuva freqüentes. Embora intercaladas com períodos de sol, a chuva poderá cair com moderada a forte intensidade em alguns momentos. O gráfico abaixo mostra a quantidade aproximada de chuva que caiu em Recife nos últimos 11 anos. Em junho de 2005, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 708,8 milímetros. Foi a maior quantidade de chuva que acumulada em um mês, desde 1961.

Inverno na costa leste

O inverno normalmente é uma época de seca, de dias com sol e poucas nuvens por quase todo o Brasil. O inverno, e todo o ano de 2009, foi muito atípico e choveu muito mais do que o normal. Foi um ano de poucos problemas com queimadas e os índices de umidade do ar não ficaram tão baixos, por tantos dias seguidos, como está acontecendo em 2010 desde meados do outono. A secura que está sendo observada este ano por quase todo o Brasil é normal. A chuvarada na costa leste do Nordeste também é normal nesta época. A população do Norte e Nordeste do Brasil costuma chamar de inverno a período mais chuvoso do ano, que em geral não é acontece nos meses do calendário que normalmente chamados de inverno. Na costa leste do Nordeste, onde estão as capitais Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju e Salvador, esse “inverno” de chuva varia de abril a julho. Na costa norte do Nordeste, entre o Ceará e o Maranhão, e também em quase toda a Região Norte, a época mais chuvosa, o “inverno”, ocorre no verão, de dezembro a março.