Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Julho termina quente em São Paulo

31/07/2012 às 11:11
por Josélia Pegorim

ong>As madrugadas foram quase 2ºC mais quentes do que a média. Agosto deve ser mais quente e mais seco do que a média. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura de 2012 até agora na cidade de São Paulo foi de 8,8ºC, em 15 de julho. A menor temperatura máxima, à tarde, também ocorreu em julho: 14,3ºC, no dia 16. Depois do calor de 28ºC do domingo, a temperatura despencou 10 graus e na tarde da segunda-feira não passou dos 18ºC. Tecnicamente, cinco frentes frias passaram pela capital paulista durante o mês de julho e provocaram aproximadamente 76 milímetros de chuva, o que corresponde a 79% de chuva acima da média normal para o mês, que fica em tornos dos 43 milímetros. Mas quase toda a chuva foi acumulada entre 15 e 18 de julho. Em relação ao ano passado, São Paulo teve muita chuva em julho. O Mirante de Santana acumulou apenas 4,5 milímetros em julho de 2011. Apesar dos recordes e do forte resfriamento nos dois últimos dias de julho, o mês termina menos frio do que poderia ser. As médias de referência para as temperaturas de julho são as menores, na escala anual, o que faz de julho, teoricamente, o mês mais frio do ano. A média de referência para temperatura mínima é de 11,5ºC. As madrugadas de julho de 2012 foram aproximadamente 2ºC mais quentes do que o normal. A média da temperatura máxima de julho de 2012, até o dia 30, ficou pouco mais de 1ºC acima do valor referência, que é de 22,1ºC. Agosto quente Para o mês de agosto, a previsão é de que o paulistano tenha menos eventos de dias frios do que julho, fazendo com o que mês termine com temperaturas acima da média. Na prática, a sensação será de calor durante quase todo o mês, mas com as noites e madrugadas um pouco frias. Menos chuva e mais poluição em agosto Tradicionalmente agosto é um mês de seca, com pouca chuva na cidade de São Paulo. A média normal de referência é de aproximadamente 40 milímetros de chuva ao longo do mês. Agosto de 2012 deve terminar com chuva abaixo da média. Mais calor e menos chuva vão fazer de agosto um mês mais poluído e mais seco. A capital paulista terá maior chance de entrar em “estado de alerta”, por causa do ar seco, como aconteceu na tarde do domingo, quando a umidade relativa baixou para 20% na região do aeroporto de Congonhas.