Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Junho termina muito seco em Porto Alegre e em São Luís

29/06/2012 às 19:42
por Josélia Pegorim

ong>Junho termina muito seco em Porto Alegre e em São Luís   Porto Alegre e São Luís estão entre as três capitais brasileiras que tiveram maior deficiência de chuva em junho. Na capital gaúcha, o mês termina com 80% de chuva abaixo da média. Na capital do Maranhão, a chuva de junho ficou 70% abaixo da média. Em Brasília, junho normalmente já um mês extremamente seca e qualquer chuva é rara. O mês está terminando com 2,4 milímetros acumulados, sendo que a média de aproximadamente 9 milímetros. Choveu 73% abaixo da média.   Ar polar reduziu a chuva em Porto Alegre É difícil explicar a falta de chuva em Porto Alegre, já que durante o mês de junho várias frentes frias passaram sobre o Rio Grande do Sul e até provocaram temporais em muitas regiões gaúchas. Porém, quase todos os sistemas passaram rapidamente sobre o Rio Grande do Sul, fazendo com o ar polar seco predominasse por mais tempo do que as nuvens carregadas de chuva. A capital gaúcha teve dias vários dias em junho com muita a nebulosidade, mas que quase não provocaram chuva. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, Porto Alegre acumulou aproximadamente 27 milímetros de chuva em junho, valor que ficou 80% abaixo da média normal que é de 133 milímetros.   La Niña diminuiu a chuva em São Luís Em São Luís, capital do Maranhão, o mês de junho marca o fim do período chuvoso do ano. A redução da chuva é grande, em relação ao período de janeiro a maio. Para comparação, a média de chuva de maio ainda é muito alta, de quase 320 milímetros. Para junho, a média normal de chuva é de 170 milímetros. Este ano, por causa do fenômeno La Niña que predominou durante todo o verão e em parte do outono, São Luís vem tendo menos chuva do que o normal desde janeiro. Em junho choveu aproximadamente 51 milímetros, 70% abaixo da média.