Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tempestade de neve enfraquece na quarta-feira

26/01/2015 às 15:36
por César Soares

Atualizado em 27/01/2015 às 16h55

A nevasca se confirmou sobre diversas áreas do leste dos Estados Unidos, cidades como Nova Iorque e Boston. Segundo informações do Serviço Nacional de Meteorologia (NWS - sigla em inglês) já foram registrados cerca de 5,5 cm de neve no Central Park, em Manhattan na madrugada da terça-feira (27). Em Long Island os registros de neve chegaram aos 9 cm.

O serviço meteorológico norte americano "batizou" de Juno a tempestade de inverno. As rajadas de vento chegaram aos 110 km/h no aeroporto Nantucket Memorial.

A área mais severa da nevasca até o momento ocorreu em Boston. Havia previsão de que Nova Jersey e Nova Iorque fossem as áreas com pior cenário para a nevasca, no entanto a previsão não se confirmou. Meteorologistas norte-americanos enviaram mensagens de seus twitters se desculpando pelo erro.

Cerca de 7 mil voos foram cancelados nos aeroportos norte americanos. Até mesmo voos do Brasil em direção à Nova Iorque e Boston foram cancelados.

O internauta Milton Rocha fotografou o resultado da nevasca em Manhattan.

O inverno 2014/2015 está bastante rigoroso sobre os Estados Unidos. As temperaturas seguem abaixo dos 0°C em diversas áreas e as ondas de frio estão constantes. O serviço meteorológico nacional dos Estados Unidos alerta para o risco da pior nevasca já registrada sobre o leste. São esperados de 30 a 90 cm de neve e a prefeitura de Nova Iorque alerta para que a população fique em casa.

Os satélites meteorológicos da NASA mostram a chegada da tempestade Juno que acarretou em uma forte nevasca.

Na imagem do satélite meteorológico é possível verificar nos tons em amarelo e azul a formação de muitas nuvens. Os tons em azul indicam a nebulosidade que é capaz de provocar nevascas.

Ainda segundo informações das agências internacionais de notícias, a população já se prepara indo aos supermercados e estocando comida.

A formação de um sistema de baixa pressão atmosférica na costa leste americana, próxima à Nova Iorque organiza a chegada de muita umidade. Além disso o jato polar se encontra exatamente sobre a faixa leste norte americana incentivando o transporte de mais ar polar. Para termos uma ideia, em Nova Iorque a temperatura já chegou aos -9°C na segunda-feira (26), com sensação de -15°C. Em áreas do leste canadense, os termômetros chegaram aos -30°C.

Ainda há o risco de neve na terça-feira

A baixa pressão atmosférica se intensifica sobre a costa leste americana na terça-feira (27). Ainda há o risco de novos episódios de neve inclusive sobre Nova Iorque. Com o afastamento do sistema de baixa pressão atmosférica e da umidade, o risco de neve diminui na quarta-feira (28), somente em áreas de Boston . No entanto, o transporte de ar polar ainda vai deixar os termômetros baixos e a sensação de frio, mesmo com o sol aparecendo.

O meteorologista César Soares comentou os sistemas que atuam nos Estados Unidos no Climatempo News.