Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais calor e menos temporais em SP e no PR

26/01/2014 às 17:37
por Josélia Pegorim

Áreas de instabilidade formadas pelo calor e a unidade elevada voltaram a crescer na tarde deste domingo sobre o norte do Paraná e no oeste de São Paulo. Nuvens bastante carregadas se formaram provocando tempestades em alguns locais. Embora em pequenas áreas, os temporais associados ao calorão estão ocorrendo com frequência nos dois estados nos últimos dias. Mas a tendência para esta semana é de que estas fortes pancadas fiquem cada vez mais escassas. Uma forte massa de ar seco ganha força sobre São Paulo e Paraná esta semana reduzindo a umidade e as condições para a formação das nuvens carregadas. O tempo fica mais seco, mas também mais quente. A redução do risco de chuva favorece os trabalhos de colheita de soja que já está sendo feita. Mapa mostra pouca quantidade de chuva prevista para o Paraná e São Paulo até o fim do mês. Presidente Prudente (SP) registra ventos de 70 km/h Pouco depois da 16h15, o radar meteorológico localizado em Presidente Prudente, operado pelo Ipmet/Unesp, detectava sinais de temporal em Engenheiro Beltrão, Quinta do Sol e Fênix, no noroeste do Paraná. Em Maringá, o aeroporto local registrou ventania e chuva forte. O vento forte espalhou poeira pelo local.

No oeste de São Paulo, os sinais de tempestade eram vistos pelo radar na região de Presidente Prudente, Parapuã, Rinópolis e Santópolis do Aguapeí, Assis, Tarumã e Platina, Anhumas e Pirapozinho. O aeroporto de Presidente Prudente registrou rajada de 70 km/h, às 16 horas. A chuva forte depois a visibilidade reduzida.