Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mais frio e ventania no Rio Grande do Sul

23/07/2010 às 14:24
por Josélia Pegorim

ong>Uma nova frente fria chega ao Estado no fim de semana, associada a um ciclone extratropical. O risco de ventania aumenta no domingo. O ar polar entrou com força novamente sobre o Rio Grande do Sul derrubando a temperatura. Voltou a gear nesta sexta-feira em localidades do centro, oeste e sul do Estado, por conta das baixas temperaturas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a geada se formou com moderada a forte intensidade. A menor temperatura observada hoje no Rio Grande do Sul foi de 0,5ºC em Alegrete. Em Bagé, fez 0,9ºC. Em Uruguaiana a temperatura mínima foi de 1ºC e em Santana do Livramento de 2,1ºC. Em Porto Alegre, a mínima hoje foi de 6,8C. Neste sábado, uma nova frente fria se aproxima do Rio Grande do Sul e provoca um grande aumento da nebulosidade já durante a madrugada. O aumento de nuvens vai evitar que a temperatura cai muito na madrugada e não há expectativa de geada. Porém, os gaúchos devem se preparar para um fim de semana de ventos fortes e novos temporais. Esta nova frente fria volta a provocar chuva no Estado no decorrer deste sábado. A chuva mais volumosa está sendo esperada para as áreas próximas das fronteiras com a Argentina e o Uruguai. Durante o domingo, a frente fria avança com mais força sobre o Rio Grande do Sul e o risco de chuva forte e ventania será maior. Algumas rajadas de vento podem ficar em torno dos 100 km/h, por conta do deslocamento do ciclone extratropical que estará passando no domingo entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul. Os Estados de Santa Catarina e do Paraná também poderão ter fortes rajadas de vento durante o domingo, mas em geral variando de 50 a 80 km/h. No entanto, por conta do relevo montanhoso, a serra catarinense poderá ter ventos superiores a 80 km/h. Este ciclone extratropical vem junto com a nova frente fria e todo o sistema já podia ser observado nesta sexta-feira sobre o centro-sul da Argentina e do Chile. Após a passagem deste sistema (frente fria com o ciclone extratropical), a temperatura cai muito novamente em quase todo o Sul do Brasil.