Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Massa dá a vitória de bandeja para Alonso

26/07/2010 às 12:13
por Redação

O te
mpo em Hockenhein amanheceu nublado, mas a chuva não ameaçava a corrida deste domingo. Largando em terceiro, Felipe Massa se aproveitou da disputa entre Sebastian Vettel e Fernando Alonso, e assumiu a liderança, numa bela estratégia. No primeiro lugar, Massa se defendeu bravamente e impediu as tentativas de ultrapassagem de seu companheiro de equipe. Nos boxes, o brasileiro continuou a frente do espanhol e seus pneus macios deixavam o brasileiro mais veloz. Na volta do pit stop, Massa perdeu velocidade aquecendo os pneus duros, e Alonso conseguiu alcançar o companheiro de equipe. Sem chances de ultrapassagem e irritado, Alonso falou pelo rádio que a atitude defensiva do brasileiro era ridícula. Poucos instantes depois, Massa recebeu a seguinte mensagem pelo rádio: “Fernando está mais rápido que você. Pode confirmar que entendeu esta mensagem?”. E com isso, Massa logo assimilou e aceitou as ordens da escuderia italiana. Com cerca de 4 minutos de diferença entre ele e o espanhol, o brasileiro quase parou o carro na pista para que Alonso o ultrapassasse. Depois disso, o engenheiro da Ferrari ainda se desculpou, causando mais constrangimentos “Boa decisão. Temos de ficar assim agora. Desculpe.” O recado era claro, a escolha da Ferrari, por Fernando Alonso, nunca foi dúvida para ninguém e a atitude nos remete a corrida de2002, na Áustria, quando Rubens Barrichello deixou a pole para Michael Schumacher. Fernando Alonso venceu o Grande Prêmio da Alemanha que lhe rendeu mais uma polêmica. O piloto brasileiro seguiu em segundo lugar, seguido de Vettel, Lewis Hamilton e Jenson Button e em sexto ficou Mark Webber. Barrichello ficou em 12º e Bruno Senna ficou em 19º. Lucas di Grassi não conseguiu completar a prova. A manobra da escuderia italiana rendeu uma multa de US$100 mil a FIA – Federação Internacional de Automobilismo e será levada a julgamento no Conselho Mundial. Corridas como esta mancham a Fórmula 1 e os pilotos brasileiros, como Barrichelo e Nelsinho Piquet, e agora, Felipe Massa.