Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Nevoeiro no Sul e no Sudeste

01/06/2011 às 14:25
por Josélia Pegorim

O tr
áfego aéreo no centro-sul do Brasil ficou muito prejudicado no começo da manhã desta quarta-feira, por conta do forte nevoeiro, ou neblina, que reduziu a visibilidade nos aeroportos de São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Para complicar ainda mais, a neblina também encobriu Buenos Aires, capital da Argentina. O nevoeiro desta quarta-feira foi tão forte, que até o aeroporto internacional de São Paulo teve de interromper as operações de pousos e decolagens. Poucas vezes isto acontece. A visibilidade nas pistas chegou a baixar para 200 metros e mesmo os precisos instrumentos de auxílio aos pilotos não foram suficientes. No Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, a menor visibilidade hoje de manhã foi de 500 metros, por volta das 7 horas. O aeroporto de Congonhas, que opera a ponte aérea Rio-São Paulo, não teve nevoeiro, mas uma forte névoa que reduziu a visibilidade para 1500 metros, às 7 horas da manhã. No aeroporto internacional Afonso Pena, na região de Curitiba, a visibilidade ficou muito ruim entre 4h20 da madrugada e 9 horas da manhã. A menor visibilidade foi de 300 metros. No aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, a visibilidade mínima foi de 900 metros. O frio foi o principal responsável pela formação da neblina nesta quarta-feira. Em algumas áreas da capital paulista, a temperatura chegou aos 8 ºC. No aeroporto de Curitiba, o frio chegou aos 3ºC. Nesta quinta-feira, o ar polar intenso vai saindo do Brasil, mas o dia ainda vai amanhecer frio e com neblina em muitas áreas do Sul e do Sudeste.