Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Nova onda de frio e possibilidade de neve

18/05/2010 às 14:57
por Josélia Pegorim

Em p
ouco mais de uma semana, outra frente fria de forte intensidade avança sobre o centro-sul do Brasil espalhando chuva e frio. A brusca mudança no tempo começou a ocorrer nesta terça-feira sobre os Estados do Sul, em Mato Grosso do Sul e também na parte oeste e sul de Mato Grosso. A população de Cuiabá sentiu um calor de 36ºC na tarde de segunda-feira e nesta terça-feira os termômetros não passavam dos 20ºC no início da tarde. Na semana passada, o frio foi intenso na capital de Mato Grosso. Foram vários dias com temperaturas em torno dos 10ºC ao amanhecer. As madrugadas serão geladas em Cuiabá até o fim da semana e  chuva da frente fria diminui a secura e o calor das áreas ao norte do Estado. Em Mato Grosso do Sul, a quantidade de chuva provocada no sul do Estado na passagem desta frente fria impressionou até os meteorologistas. Em 24 horas choveu mais do que normalmente se espera para todo o mês de maio. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em Ponta Porã choveu 148 milímetros entre 9 horas do dia 17 e 9 horas do dia 18 de maio. A média de chuva para maio é de 135 milímetros. Num intervalo de tempo próximo, a região de Itaquiraí acumulou em torno de 111 milímetros e Juti, 107 milímetros. Na região de Amambaí choveu 92 milímetros. Na capital Campo Grande também choveu, mas o que mais chamou a atenção foi a queda da temperatura. A terça-feira amanheceu com um frio em torno dos 12ºC. O aeroporto local chegou a registrar uma ligeira elevação no meio da manhã, quando a temperatura subiu para 14ºC, mas às 2 horas da tarde o termômetro já havia baixado para 12ºC. A neblina que encobriu a cidade e o vento gelado deram um ar londrino à capital de Mato Grosso do Sul. Durante quase toda a semana passada, Campo Grande amanheceu com um frio entre 5ºC e 8º. Nesta quarta-feira, o frio será intenso neste Estado e há condições para geada ao amanhecer nas áreas de fronteira com o Paraguai. A mesma frente fria que provocou a chuva e a forte queda da temperatura no Centro-Oeste despejou muita água nos Estados do Sul. A chuva veio misturada com o frio e o vento. Nesta quarta-feira, as nuvens carregadas vão saindo do Sul do Brasil o sol reaparece em várias áreas. Mas o frio aumenta e a maior preocupação é com a ventania que pode ocorrer por conta da passagem de um ciclone extratropical entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os ventos de podem passar dos 100 km/h nas regiões montanhosas. O mar fica agitado e perigoso para a navegação em toda a costa sul do país. A grande expectativa é com relação a queda de neve nas cidades mais altas das serras gaúcha e catarinense. Esta é a primeira vez que as condições meteorológicas se mostram favoráveis a ocorrência do fenômeno em 2010.