Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

O Cb de Jundiaí que assustou São Paulo

28/01/2014 às 21:46
por Josélia Pegorim

Por volta das 20 horas da terça-feira, 28 de janeiro de 2014, muitos moderadores da Grande São Paulo viram clarões ao longe iluminando o céu, olhando para o norte. Eram muitos raios e logo se imaginava um temporal chegando. O observador meteorológico do aeroporto de Congonhas informou “VCTS” (vicinity thunderstorm, na abreviatura em inglês), às 20 e às 20 horas, o que assustou os meteorologistas. Mas não tem Cb na área de São Paulo!
28/01/2014 SBSP 282200Z 15012KT (15022KMH) 9999 FEW045 26/18 Q1018
28/01/2014 SBSP 282224Z 15011KT (15020KMH) 9999 VCTS FEW040 FEW045CB 25/19 Q1019
28/01/2014 SBSP 282300Z 15009KT (15017KMH) 9999 VCTS FEW040 FEW045CB 25/19 Q1019
O radar meteorológico não mostra nenhum sinal de chuva sobre São Paulo, mas um forte núcleo de chuva era observado na região de Jundiaí, com potencial para granizo. Eram os Cbs de Jundiaí que estavam assustando São Paulo, com seus raios fantasmagóricos.

Quem olhava para o norte via os topos de Cbs que provocavam temporal sobre Jundiaí. As nuvens cumulonimbus, abreviada como Cb, podem alcançar grandes altitudes, até mais do que 10 km, de sua base até o topo. A esta altura, a atmosfera está muito fria, com temperaturas abaixo de zero. Pelas imagens de satélite foi possível identificar temperaturas entre 40°C e 50°C abaixo de zero. O aglomerado de Cbs que se formou na região de Jundiaí pode ser avistado de São Paulo justamente porque os topos estavam muito altos.  As fotos são do meteorologista Marcelo Pinheiro, da Climatempo.
Clarões dos raios de um aglomerado de cumulonimbus que estava em Jundiaí foram avistado em São Paulo na noite de 28 de janeiro de 2014. Fotos de Marcelo Pinheiro (Climatempo)
O ar está secando em todo o Estado de São Paulo. Com a atmosfera mais seca, a chance de formação das nuvens de tempestade diminui. Qual a imagem do seu tempo? Qual o tempo do seu lugar?  F o t o g r a f e o t e m p o Participe! A sua foto pode ser o destaque. envie sua foto Pelas redes sociais: #fotografeotempo