Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

O maior frio do inverno de 2014

15/07/2014 às 15:50
por Josélia Pegorim

"Mas mesmo que não neve, o frio que vem por aí deverá marcar o auge do inverno. A segunda quinzena de julho, especialmente a partir de 20 de julho, promete muito frio, ventos gélidos e fortes causando sensações térmicas de frio intenso não só no Sul, mas também em áreas do Sudeste, Centro-Oeste e Norte."

O texto acima é parte de uma análise meteorológica escrita pela meteorologista Josélia Pegorim, exatamente há um ano, em 15 de julho de 2013.

Troque 2013 por 2014 e teremos uma situação meteorológica parecida com a atual.  Duas massas polares serão observadas no decorrer da segunda quinzena de julho, sendo a segunda mais intensa após o dia 24 de julho. A meteorologista Josélia Pegorim analisa quando e como será o efeito destas duas ondas de frio sobre o Brasil.  

Se há possibilidade de nevar ou não, ainda é cedo para avaliar com confiabilidade. Mas se as simulações atmosféricas feitas em super computadores continuarem confirmando as análises dos últimos dias, está para chegar a maior e mais forte massa polar do inverno de 2014, com um super poder de resfriamento.  Podemos repetir aqui o que foi dito no início, para onda de frio de 2013:

a massa polar que chega ao Brasil nos últimos dias de julho promete muito frio, ventos gélidos e fortes causando sensações térmicas de frio intenso não só no Sul, mas também em áreas do Sudeste, Centro-Oeste e Norte.

Veja como as duas massas polares da segunda-quinzena de julho vão atuar no Brasil.