Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

O que vem por aí?

15/03/2015 às 15:27
por Aline Tochio

O ve
rão termina oficialmente na sexta-feira, dia 20, às 19h45 no horário de Brasília. A última semana da estação será marcada por chuva frequente e de forte intensidade entre o Sudeste, Centro-Oeste e Norte. Já em parte do Sul e do Nordeste, o ar continua seco. Região Norte Áreas de instabilidade tropicais ainda favorecem a formação de muitas nuvens pelo Norte do País nessa semana. Modelos meteorológicos indicam chuva volumosa entre Pará e Amazonas, acumulando mais de 100 milímetros. Em Rondônia e no Acre, a chuva é menos volumosa, mas também é frequente. As regiões banhadas pelos rios Acre e Madeira ainda terão dificuldades em escoar a água dos rios. Região Nordeste Uma grande massa de ar seco vai continuar atuando na maior parte do Nordeste. A chuva fica concentrada no Maranhão, Piauí, Ceará e no oeste da Bahia. O calor segue intenso no interior da Bahia, de Pernambuco e no sertão entre Alagoas e Sergipe. Região Centro-Oeste A formação de grandes áreas de instabilidade sobre a Região, associadas a um cavado em níveis médios da atmosfera, mantem a nebulosidade predominando no Centro-Oeste nesta semana. A chuva fica concentrada entre Goiás e Mato Grosso, com volumes acumulados chegando a 100 milímetros em algumas áreas. Já Mato Grosso do Sul tem chuvas mais irregulares e mal distribuídas. Região Sudeste A mesma instabilidade que cresce no Centro-Oeste influencia o tempo também em parte do Sudeste (cavado em níveis médios da atmosfera). Nos próximos dias há previsão de chuvas constantes na maior parte do Estado de São Paulo, no sul do Rio de Janeiro, e no Sul e Triângulo Mineiros. Os volumes podem chegar perto de 100 milímetros em algumas áreas. Por outro lado, o Espírito Santo e o nordeste de Minas ainda tem predomínio de sol e calor, com pouca chuva. Região Sul O Rio Grande do Sul recebe pouca chuva nesta semana. Apenas as áreas do norte e nordeste gaúchos é que tem chuva mais regular, porém não volumosa. Já o centro-norte de Santa Catarina e do Paraná tem uma semana de tempo instável. O destaque vai para as regiões norte e leste paranaenses e Vale do Itajaí e litoral norte de Santa Catarina, onde áreas de instabilidade provocam chuva mais constante e com maiores acumulados.