Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Odile e Edouard enfraquecem, Polo se intensifica

17/09/2014 às 10:27
por César Soares

TEMPESTADE TROPICAL ODILE

O furacão Odile que causou grandes estragos na cidade de La Paz e no Cabo San Lucas no sul da Baixa Califórnia se enfraquece ao avançar para o golfo californiano. O sistema já foi reclassificado como tempestade tropical e segundo o último aviso do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC - sigla em inglês) o centro de baixa pressão do ciclone está com 997hPa e ventos máximos sustentados de 75 km/h. As rajadas máximas chegam aos 83 km/h e o sistema se move para nordeste com uma velocidade de 9 km/h.

Veja abaixo a animação do furacão Odile no satélite GOES fornecida pela NASA.

 

O sistema chegou ao seu ápice no sábado (13) quando chegou a categoria 4 da escala Saffir-Simpson que vai até 5. Neste estágio, seus ventos máximos chegavam aos 220km/h. A organização da pista de vento, foi capaz de causar uma grande agitação no mar na costa oeste do México.

  FURACÃO EDOUARD

O quinto sistema tropical da estação no Atlântico Norte, o furacão Edouard também perdeu intensidade entre a terça-feira (16) e a quarta-feira (17). Segundo os últimos avisos do NHC, o centro de baixa pressão está em 959hPa, os ventos máximos sustentados são de 150 km/h e o sistema se move para nordeste com velocidade de 31km/h. Essas informações o classificam como categoria 1 da escala Saffir-Simpson.

Veja abaixo a animação do furacão Edouard no satélite GOES fornecida pela NASA.

O sistema chegou a categoria 2 da escala Saffir-Simpson entre a segunda-feira (15) e a terça-feira (16). Período em que seus ventos máximos chegaram aos 155 km/h, no entanto o sistema passou rapidamente por esta categoria e rapidamente voltou à categoria 1. A tendência é de enfraquecimento até o fim de semana quando o sistema será reclassificado para tempestade tropical.

TEMPESTADE TROPICAL POLO

Enquanto os outros dois sistemas tropicais perdem intensidade, a tempestade tropical Polo, que se formou no Pacífico leste, ganha força e já entre a quinta-feira (18) e a sexta-feira (19) deve ser reclassificado como um furacão na categoria 1. O NHC informa no seu último aviso meteorológico que o sistema Polo está com ventos máximos sustentados de 85 km/h e um centro de baixa pressão de 1000 hPa.

Diferente do furacão Odile que provocou diversos estragos, o sistema conhecido como Polo não deve atingir a região costeira. No entanto, é esperado que o mar fique mais agitado na costa oeste mexicana.