Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Onda de calor deixa Rússia em estado de alerta

20/07/2010 às 15:52
por Redação

A on
da de calor na Europa atinge a Rússia e é uma das possíveis causas da morte de mais de 500 pessoas no país.  Os termômetros marcaram 40°C durante muitos dias e desde junho os russos enfrentam uma seca intensa. O forte calor faz com que muitas pessoas se dirijam a rios, lagos e mares para tentar se refrescar. Com isso, aumenta o número de afogamentos. De acordo com o Ministério de Situações de Emergência, em um dia foram registrados 85 casos, sendo 71 vítimas fatais. Na última semana cerca de 300 pessoas morreram afogadas. Além das mortes, as temperaturas altas preocupam os agricultores . De acordo com a associação de trabalhadores agrícolas, o calor já destruiu uma área de plantação do tamanho de Portugal. Alexei Yablokov, chefe do movimento político Rússia Verde, e conselheiro da Academia Russa de Ciências, afirmou que o calor deste ano já bateu todos os recordes.  Já o Serviço Nacional de Meteorologia da Rússia disse que mesmo as estatísticas apresentando um aumento sistemático da temperatura, não existem provas suficientes para afirmar que o clima do país mudou. *Com informações da Reuters Focos de fogo na Sibéria Muitos focos de fogo ocorrem atualmente numa região à leste da Sibéria. Esta imagem é do dia 19 de julho de 2010, capturada pelo sensor MODIS do satélite Terra, operado pela NASA.