Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Pará e Amazonas terão mais chuva no fim de semana

06/05/2011 às 16:21
por Josélia Pegorim

Os r
ios do Pará e do Amazonas vão receber mais chuva neste fim de semana, complicando ainda mais a vida da população ribeirinha, que há semanas convive com os problemas causados pela cheias dos rios. Normalmente o efeito da chuva volumosa que cai no verão começa a ser sentido em durante o mês de abril. O ápice das cheias acontece em junho e depois a chuva vai diminuindo em frequencia e em intensidade. Durante o fim de semana,  as nuvens carregadas da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continuam sobre o extremos norte do Brasil e vão provocar muitas pancadas de chuva sobre o Pará e o Amazonas. Há risco de chuvas fortes e volumosas especialmente na parte norte dos dois Estados, que devem atingir vários trechos do rios Solimões, Negro e Amazonas. Pode chover forte sobre Manaus e Belém. Os Estados do Amapá e de Roraima ficam sujeitos as chuvas fortes no fim de semana. Segundo a Defesa Civil do Amazonas, mais de 9 mil ribeirinhos foram prejudicados pela cheia dos afluentes do rio Solimões.  A cheia do rio Negro, que banha Manaus, deve atingir seu pico em junho, mas segundo os cálculos do Serviço Geológico do Brasil, a cheia deste ano deve ficar mais ou menos 1,60 metros abaixo da histórica cheia de 2009, quando o nível do rio Negro atingiu 29,77 metros. Grande parte do Amazonas e do Pará receberam chuvas acima da média normal desde janeiro. Em Belém, choveu menos do que a média apenas em fevereiro. Em abril, conforme a medição do Instituto Nacional de Meteorologia, a capital do Pará recebeu em 580 milímetros de chuva, 61% acima da média que é de 360 milímetros. Em Manaus, choveu menos do que a média só em janeiro. Em abril, a capital amazonense recebeu aproximadamente 522 milímetros de chuva, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia, valor que representa 74% de chuva acima do normal.