Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Por que o Rio de Janeiro está tão quente?

09/01/2015 às 22:06
por Josélia Pegorim

A cidade do Rio de Janeiro foi a mais quente do Brasil na sexta-feira, 9 de janeiro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Nas estações de controle automáticas, a temperatura máxima no Rio de Janeiro foi de 39,1°C, na Marambaia. O Rio também foi a capital mais quente. O Estado do Rio de Janeiro está e vai continuar muito quente nos próximos dias. A sensação térmica em Cabo Frio, na região dos Lagos, chegou aos 41°C às 15 horas desta sexta-feira. Das dez maiores temperaturas registradas nas estações automáticas do Inmet em 9 de janeiro de 2015, três eram no Estado do Rio.   Calor aumenta no fim de semana Não há expectativa de chuva para o fim de semana para nenhuma região do Estado do Rio de Janeiro. O calor vai aumentar. A sensação térmica e a temperatura real do ar devem atingir ou mesmo superar os 40°C na cidade do Rio de Janeiro e até em outros locais do litoral fluminense. A expectativa é de que ocorra um novo recorde de calor até o domingo na capital fluminense. O recorde atual é de 40,9°C, em 2 de janeiro. No ano passado, a temperatura máxima na cidade do Rio foi de 41,6°C no dia 13 de outubro.     Ar seco reduz a sensação de calor A temperatura real do ar vai subir mais na cidade do Rio de Janeiro no fim de semana, mas em várias área da cidade, a sensação térmica não será tão alterada por causa do ar muito seco. Foi o que ocorreu na região do aeroporto Tom Jobim nesta sexta-feira, 9. A umidade do ar muito baixa reduziu o calor. No aeroporto Tom Jobim, às 15 horas, o nível de umidade era de apenas 20%, o que reduziu a sensação de calor para 36°C, mas a  temperatura real era de 38°C.  

Frente fria demora

As simulações do deslocamento das frentes frias feitas em 9 de janeiro indicavam a possibilidade de uma destes sistemas alcançar o Rio de Janeiro só  após o dia 18 de janeiro. Até lá, a chance de chover no Estado do Rio de Janeiro, de forma geral, é muito baixa Bloqueio atmosférico Os efeitos de um novo bloqueio atmosférico estão sendo observados sobre os Estados do Sudeste. Este bloqueio é caracterizado pela forte atuação de um sistema de alta pressão atmosférica que reduz a umidade do ar e consequentemente a nebulosidade e as condições para chuva. A meteorologista Josélia Pegorim explica a combinação de fatores que faz com que o Rio de Janeiro fique muito quente.      O que é a ASAS? O novo bloqueio é o igual ao do verão de 2014, que gerou a seca que vivemos atualmente? Entenda o que é a sensação térmica  Ache a sua onda e a sua tribo no Climasurf Cuidados especiais com os alimentos em dias de forte calor