Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Previna-se contra o câncer de pele

29/01/2014 às 11:37
por Redação

O fim de semana de sol na maior parte do país ajudou a tirar o pessoal de casa e a aproveitar as opções de lazer ao ar livre - principalmente na capital paulista, onde a programação pelo aniversário de 460 anos movimentou a cidade. Ao mesmo tempo em que o clima é um grande aliado na hora da diversão, o descaso com cuidados básicos em relação à exposição solar pode causar danos para a vida inteira, como o envelhecimento precoce da pele e até mesmo o surgimento de um câncer.

As consequências pela exposição excessiva ao sol têm origem na incidência dos raios ultravioleta. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o filtro solar eficiente deve proteger contra os raios UVA e UVB. O primeiro tipo tem o comprimento de onda mais longo, a intensidade varia pouco ao longo do dia e penetra profundamente na pele, sendo o principal responsável pelo envelhecimento e pelo câncer de pele. No caso do UVB, o comprimento de onda é mais curto, a intensidade é maior entre as 10h e as 16h e é o tipo que causa queimaduras solares e vermelhidão na pele.

De acordo com Fábio Paganini, cirurgião plástico do Hospital Santa Paula, existem as queimaduras de 1º e 2º graus. Enquanto o caso continua como 1º grau, a recomendação é hidratar a pele, tomar bastante líquidos, lavar a pele com água e sabonete e protegê-la do sol. Quando a exposição chega a deixar queimaduras de 2º grau, com a formação de bolhas, a orientação é procurar um médico para evitar que a lesão se desenvolva em algo mais grave. Além disso, o médico destaca que medicações caseiras, como pomadas, não devem ser aplicadas.

Para evitar o surgimento de melanoma e de outros tipos de tumor na pele, a SBD recomenda que sejam adotadas algumas medidas de prevenção: 1 - Usar chapéus, camisetas e protetores solares.

2 - Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10 e 16h (horário de verão).

3 - Na praia ou na piscina, usar barracas feitas de algodão ou lona, que absorvem 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material.

4 - Usar filtros solares diariamente, e não somente em horários de lazer ou diversão. Utilizar um produto que proteja contra radiação UVA e UVB e tenha um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo. Reaplicar o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre. 5 5 - Ao utilizar o produto no dia-a-dia, aplicar uma boa quantidade pela manhã e reaplicar antes de sair para o almoço.

6 - Observar regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas.

7 - Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.

8 - Manter bebês e crianças protegidos do sol. Filtros solares podem ser usados a partir dos seis meses.