Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Qual será o efeito do El Niño na Região Sudeste?

27/05/2015 às 17:31
por Josélia Pegorim

Foi confirmado em meados de maio que um novo evento de El Niño estava ocorrendo. O fenômeno caracterizado pelo aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico Equatorial Leste, região oceânica equatorial entre a Austrália, a Indonésia e a costa oeste da América do Sul, causa profundas alterações na pressão e nos ventos em escala global. O maior aquecimento das águas do mar nesta região do Pacífico interfere no padrão de chuva e de temperatura em diversas regiões do planeta.

O El Niño de 2015 é o primeiro que ocorre desde 2009/2010, quando houve um El Niño considerado fraco. Para 2015 espera-se uma atuação moderada do fenômeno.

No Brasil, é comum associarmos o El Niño ao aumento da chuva e da temperatura. De fato, estas são duas modificações normalmente são observadas, mas em diferentes épocas e regiões distintas do país.

Qual o efeito do El Niño na Região Sudeste? Como o El Niño vai interferir no inverno de 2015?

É na Região Sudeste e no Centro-Oeste que temos os principais rios e represas para geração de energia. O El Niño dará mais chuva na primavera e no verão? Será que as térmicas vão poder ser desligadas?

Confira as análises dos meteorologistas Alexandre Nascimento e Patricia Madeira sobre os efeitos do El Niño na Região Sudeste. Esta análise é parte da entrevista feita no Climatemponews Especial El Niño 2015 realizada no dia 18 de maio com a meteorologista Josélia Pegorim.