Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Qualidade do ar piorou em São Paulo

06/03/2012 às 17:34
por Josélia Pegorim

ong>Qualidade do ar piorou em São Paulo Falta de vento, de chuva e excesso de insolação aumentaram o nível de poluentes. A qualidade do ar teve ligeira piora na cidade de São Paulo de ontem para hoje. A Cetesb registrou hoje qualidade do ar inadequada em 6 locais de medição, de um total de 12. Os seis pontos tiveram níveis de ozônio excessivos. Cinco pontos tiveram avaliação de qualidade do ar regular e apenas em Cerqueira César, o ar foi considerado bom. Ontem, 5 pontos tiveram qualidade do ar inadequada, por causa do excesso de ozônio, 6 pontos foram tiveram qualidade do ar regular. Não houve boa qualidade em nenhum ponto. O aumento dos níveis de ozônio de ontem para hoje já era esperado, pois São Paulo ficou mais seca. A queda dos níveis de umidade do ar diminui a quantidade de nuvens, deixando que o sol apareça forte por mais tempo. O ozônio é um poluente que surge justamente em dias de alta insolação ou de um grande número de horas com sol forte. É o excesso de luz solar que detona transformações na atmosfera que fazem surgir o ozônio. Para esta quarta-feira, a previsão é de que as condições meteorológicas continuam favoráveis ao aumento dos níveis de ozônio no ar. A qualidade do ar de forma geral tende a piorar, pois não há previsão de chuva e o ar fica parada por muitas horas. A falta de chuva e de vento aumenta são condições meteorológicas que contribuem para um aumento da concentração de poluentes de forma geral. Só deve voltar a chover na capital paulista na tarde do próximo domingo.