Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Quando vai esquentar ou esfriar no centro-sul do BR?

12/05/2015 às 21:39
por Josélia Pegorim

Não
será esta semana e pelo que mostram as simulações das massas de ar frio para os próximos dias, quem sonha com calor de 30°C em São Paulo, por exemplo, vai entrar em um sono profundo para esperar este dia chegar. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia no Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo, a última vez que a temperatura máxima chegou aos 30°C foi em 27 de março, quando a máxima foi de 30,5C A última vez que Curitiba teve calor de 30°C foi no dia 27 de fevereiro, com temperatura máxima de 30,6°C. Em Florianópolis, a temperatura máxima chegou próxima dos 30°C em alguns dias em abril, mas a última vez que passou mesmo dos 30°C foi em 26 de março, quando temperatura chegou aos 31,4°C. Em Porto Alegre, o calor de 30°C foi sentido  há um mês, quando a temperatura máxima alcançou 31,1°C. Todas as medições são do Instituto Nacional de Meteorologia. Ar polar constante Não há previsão de entrada de novas massas polares fortes sobre o Brasil pelo menos nos próximos 10 dias. Porém, o ar polar que já está espalhado pela costa do Sul e do Sudeste do Brasil vai predominar ainda por vários dias e ganhando um pouco de força. A sequência de mapas mostra a projeção do centro de alta pressão polar (A), sempre às 9 horas da manhã, hora de Brasília. A pressão tem ligeiro enfraquecimento no dia 14 de maio, mas ganha força novamente no dia 16 e um pouco mais no dia 17. É um grande centro de pressão polar que vai ficar sobre o mar injetando seus ventos frios sobre o Sul e o Sudeste pelo menos até o dia 20 de maio. Até lá, as regiões mais elevadas do Sul e do Sudeste vão registrar várias vezes  temperaturas abaixo dos 10°C. Os termômetros nas capitais do Sul e em São Paulo vão continuar longe dos 30°C. A menor temperatura registrada pelo Inmet em 12 de maio de 2015 foi de 5,6°C em Campos do Jordão, no interior de São Paulo.