Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

R. de Janeiro: temporal depois do calorão

12/11/2013 às 18:07
por Josélia Pegorim

Nuve
ns muito carregadas cresceram sobre o Rio de Janeiro, após o calorão de quase 42°C na tarde desta terça-feira.  Até 17h45 ainda não havia chovido em toda a cidade, mas na região do aeroporto Tom Jobim, a chuva veio com ventos de quase 80 km/h por volta das 17h25. Houve registro de granizo na zona norte, na região de Rocha Miranda e da Penha. As áreas de chuva não devem se prolongar pela noite, mas o tempo deve ficar mais instável nesta quarta-feira e com grande queda da temperatura. A passagem de uma frente fria vai injetar um pouco de ar polar sobre o Rio, aliviando o calor. Além disto, o vento marítimo vai predominar sobre o Rio levando muita umidade para o Grande Rio. O grande aumento de umidade vai facilitar a formação de muitas nuvens que vão provocar chuva. Confira a previsão para o Rio de Janeiro. Veja as áreas de chuva no radar meteorológico.   Calor não foi recorde O calor foi muito intenso no Rio de Janeiro na tarde desta terça-feira, mas não foi recorde, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. A maior temperatura nos locais de referência adotados pelo Inmet foi de 40,5°C na Marambaia, às 16h. É possível que este valor aumenta um pouco numa nova leitura que será feita às 22h. O recorde atual de calor permanece os 40,9°C, na Saúde, em 8 de janeiro.