Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recife: chuva de maio supera a média em 5 dias

05/05/2011 às 11:18
por Josélia Pegorim

Que
briga Recife teve com São Pedro para estar sendo tão castigada pela chuva, desde abril? No mês passado, a capital de Pernambuco recebeu 98% de chuva além do normal. Em apenas 5 dias, as chuvas de maio superam em 3% a média normal para o mês. Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, choveu 88,4 milímetros entre 9 horas de ontem e 9 horas desta quinta-feira, 5 de maio. O total acumulado desde o dia primeiro, até o meio da manhã de hoje, era de 340 milímetros. A média de chuva normal para este mês é de 329 milímetros. Desde que virou o mês, praticamente não parou de chover no Recife, bem como em todo o litoral, na zona da mata e no agreste pernambucano. E não foi chuvinha mansa. Foi uma chuva grossa e constante, despejando sobre a cidade de 70 a 90 milímetros diários. Onda de leste e mar quente demais explicam a chuva A explicação para tanta chuva não está nas possíveis desavenças entre os santos, mas num fenômeno meteorológico chamado de "Onda de Leste" que em abril atingiu várias vezes a costa leste do Nordeste, espalhando nuvens carregadas entre Alagoas e o Rio Grande do Norte. As águas do Oceano Atlântico na costa nordestina estão mais quentes do que o normal, o que vem colaborando para formação e permanência destas nuvens carregadas e o aumento da quantidade de chuva. A Onda de Leste é um fenômeno meteorológico típico do outono/inverno na costa leste do Nordeste. Em média, durante os meses de abril e maio, 4 a 5 Ondas de Leste chegam ao litoral leste do Nordeste. Em junho e julho, o fenômeno pode ocorrer de 6 a 7 vezes. A Onda de Leste é caracterizada por um aglomerado de nuvens carregadas que se forma em alto-mar e se deslocam para a costa leste do Nordeste. Muitas vezes, estas nuvens trazem raios e ventos fortes.  As áreas de instabilidade de uma Onda de Leste provocam, em média, 3 dias de chuva quase sem parar. Previsão de mais chuva para os próximos dias Choveu muito na madrugada desta quinta-feira, mas a chuva diminuiu no início da manhã. Porém, isto não significa que o sol vai voltar a reinar sobre Recife, ou sobre outras áreas do litoral, da zona da mata e do agreste de Pernambuco, que foram alagadas pelas chuvas volumosas de abril e deste início de maio.  Embora menos fortes, as pancadas de chuva vão continuar nos próximos dias em toda a costa leste do Nordeste. A situação ainda é de alerta para todo o litoral, zona da mata e agreste dos Estados do Nordeste. Com o excesso de chuva desde o mês passado, e a continuidade da chuva em maio, o risco de enchentes, alagamentos e deslizamentos de terra permanece alto.