Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Altas temperaturas e ar seco no Centro-Norte

20/08/2014 às 17:34
por Marcelo Pinheiro

A forte massa de ar quente e seco que está sobre praticamente todo o centro-norte do Brasil proporcionou uma quarta-feira (20) de tempo aberto, com sol e calor intenso em muitas áreas das Regiões Norte e Centro-Oeste. As cidades de Porto Velho (RO) e de Manaus (AM) tiveram a tarde mais quente de 2014, até agora. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou temperatura máxima de 36,6°C na capital de Rondônia e de 35,5°C na capital do Amazonas. Os recordes anteriores eram de ontem, dia 19, com máximas de 36,3°C e de 35,3°C, respectivamente. Além do forte calor, a umidade relativa do ar voltou a cair bastante no período da tarde. O índice chegou a apenas 18% em Palmas e a 19% em Porto Velho. Manaus também teve um dos dias mais secos de 2014, com umidade de 27% na região do aeroporto Eduardo Gomes. Em 2012 a capital amazonense teve umidade de 22% no dia 06 de agosto. No ano de 2011 o valor foi ainda menor, chegando a apenas 18% no dia 11 de agosto. Em Mato Grosso, o dia também foi muito quente e seco. Na capital Cuiabá os termômetros atingiram 37°C na região do aeroporto Marechal Rondon. No norte do estado, a temperatura chegou a 38 graus na região de Alta Floresta e a umidade relativa do ar caiu para 16% na região de Carlinda. Em Mato Grosso o dia também foi bastante seco. O INMET registrou umidade de apenas 18% na cidade de Campo Grande por volta de 14h local.

Os níveis médios atmosféricos ainda mantém a condição de bloqueio das frentes frias. A presença de um sistema de alta pressão acaba acarretando em tempo firme e baixos índices de umidade relativa do ar.

Esta massa quente e seca vai manter o tempo firme em muitas áreas do Norte e em todo o Centro-Oeste até o fim de semana. A previsão é de dias ensolarados, com tardes muito quentes e, novamente, com baixos valores de umidade relativa do ar. Este tempo quente e muito seco provoca incômodo na população e favorece o aumento de focos de queimada em ambas as Regiões.  A imagem em destaque é do canal visível do satélite Goes e mostra a  incidência de fumaça gerada por estas queimadas entre os estados do Amazonas e do Pará durante a tarde da quarta-feira (20/08).

O meteorologista César Soares também comentou a situação de bloqueio atmosférico que garante o tempo firme e o ar seco. Confira no vídeo abaixo.