Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Recorde de calor em São Paulo e em Porto Alegre

01/02/2010 às 17:44
por Josélia Pegorim

Não
tem nada de ar polar sobre o Brasil.  Nem no centro-norte da Argentina e nem no Uruguai. O ar quente predomina em todas as regiões brasileiras e fevereiro começou com recorde de calor em São Paulo e em Porto Alegre. Na capital gaúcha, os recordes foram sucessivos desde sábado, quando o Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura máxima de 34,5ºC. Na tarde do domingo, 31 de janeiro, a máxima subiu para 34,8ºC e nesta segunda-feira esquentou mais. A temperatura em Porto Alegre chegou aos 35,2ºC. Em Campo Bom, na Grande Porto Alegre, a temperatura chegou aos 37,3ºC. Recorde de calor em São Paulo A tarde desta segunda-feira foi a mais quente do ano, até agora, na cidade de São Paulo. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura às 16 horas chegou a 33,1ºC na estação meteorológica do Mirante de Santana. Este valor supera em 1 décimo a marca anterior, verificada no dia 4 de janeiro, quando os termômetros marcaram 33ºC. Calor aumentou no centro-sul do Brasil O calor aumentou nesta segunda-feira em todo o Estado de São Paulo, por conta da menor quantidade de nuvens observada desde as primeiras horas da manhã. Em Ribeirão Preto, no norte do Estado, o aeroporto local registrou 36ºC. O aumento do calor nesta segunda-feira ocorreu na maioria das áreas do Sudeste, do Sul e em parte de Goiás. Em Goiânia, o Inmet, a temperatura chegou aos 34,2ºC, apenas 0,2ºC abaixo do recorde de 18 de janeiro, quando a temperatura máxima foi de 34,4ºC. Em Alegre, no sul do Espírito Santo, a temperatura chegou aos 37ºC. Na cidade do Rio de Janeiro, o calor beirou os 38ºC nesta tarde. Em Urussunga e em Criciúma, localidades no sul de Santa Catarina, a temperatura chegou aos 35º. Em Morretes, no litoral do Paraná, o Inmet também registrou calor de 35ºC. O calorão vai continuar nos próximos dias. As massas polares estão retidas na Patagônia, no sul da Argentina.