Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sul e Sudeste ainda tem o risco de ressaca

12/05/2015 às 16:06
por Josélia Pegorim

Atualizado em 13/05/2015 às 14h55

Um grande e forte swell passa pela costa do Sul e do Sudeste do Brasil. A semana é de alerta para mar muito agitado e ressacas fortes, especialmente até a quinta-feira, 14 de maio. O mar fica muito agitado e algumas ondas podem alcançar até 3,5 metros durante a madrugada.

Este forte swell foi gerado pela combinação de ventos fortes provocados por vários sistemas meteorológicos: ciclone extratropical e grande massa de ar polar atuando na costa da Argentina e também pela intensificação de uma área de baixa pressão no mar, entre o litoral de Santa Catarina e do Rio de Janeiro. O vento constante e forte em alto-mar aumenta a altura das ondas e deixa o mar agitado.

  Confira a previsão das ondas para os próximos dias

13/05 - O mar fica agitado desde a madrugada entre a costa do Rio de Janeiro e de Santa Catarina, as ondas podem chegar aos 3,5 metros durante a madrugada. No período da tarde o mar fica mais calmo na costa do Sul, mas ainda há o risco de ressaca sobre as praias do Sudeste, inclusive sobre o Espírito Santo.

14/05 -  O mar baixa um pouco mais no litoral da Região Sul, mas as ondas ainda variam de 2,0 a 2,5m. Não devem ocorrer novas ressacas. Já no litoral da Região Sudeste, o mar ainda fica agitado. Ainda há risco de ressaca na madrugada e pela manhã, especialmente  no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, onde as ondas que ainda poderão alcançar 3,0 metros. As ondas diminuem no decorrer da tarde e noite. No litoral do Espírito Santo, a altura das ondas sobe um pouco mais e pode chegar aos 2,0 m. Litoral da Bahia: o swell começa a atingir o litoral sul da Bahia, com ondas de até 1,5m. 15/05 – a região mais intensa do swell se afasta da costa brasileira e as ondas diminuem em todo o litoral do Sul e do Sudeste. Mesmo assim, ainda devem ser observadas ondas em torno dos 2,0m de Santa Catarina ao Espírito Santo. No litoral da Bahia, o mar fica um pouco agitado com ondas em torno de 1,5m.   Mar muito agitado pode comprometer provas da etapa brasileira do mundial de surfe no Rio de Janeiro