Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Risco de muita chuva no Sul do Brasil no Carnaval

11/02/2015 às 21:28
por Josélia Pegorim

A ch
egada de uma frente fria ao Sul do Brasil e uma nova situação de bloqueio atmosférico preocupam neste Carnaval. O ar tem estado úmido e quente sobre o Sul, o que vem permitindo a formação de vários aglomerados de nuvens bastante carregadas nos três estados que provocam temporais. Para esta quinta-feira, a previsão é de mais um dia abafado no Sul e apesar de várias horas de sol forte ao longo do dia, os temporais voltam devem voltar à tarde e à noite. A chuva forte vem com raios e  ventos forte. Há risco também de granizo. Uma frente fria se afasta do litoral gaúcho nesta quinta-feira, mas outra se aproxima e com mais força. É esta nova frente fria que deve avançar pelo litoral da Região Sul durante a sexta-feira estimulando o crescimento de grandes áreas de instabilidade sobre o Sul. Os três estados ficam sujeitos a temporais principalmente à tarde e à noite. A chuva poderá causar problemas inclusive nas capitais. Quem for pegar as estradas na noite e sexta deve redobrar a atenção com a chuva forte. O mapa mostra a projeção de chuva sobre o Sul até o dia 16 de fevereiro. Os tons de verde forte indicam a previsão de mais de 100 mm acumulados até esta data, o que representa pelo menos metade da média de chuva para fevereiro em muitas áreas do Sul. Esta frente fria avança para a o litoral paulista no sábado, mas os ventos do sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul vai formar uma barreira, um bloqueio, forçando a permanência de nuvens carregadas sobre o Sul durante quase todo o Carnaval. Confira as explicações da meteorologista Josélia Pegorim e depois confira a previsão para o Carnaval para todo o Brasil, com Paula Soares.   Temporal em Florianópolis Calor, ar muito úmido e a passagem de uma frente fria pelo litoral do Rio Grande Sul formaram aglomerados de nuvens muito carregadas no sul de Santa Catarina que avançaram sobre a Grande Florianópolis no fim da tarde e noite desta quarta-feira, 11 e fevereiro. A chuva foi muito forte entre 19 e 20 horas. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou um acumulado de 31,2 mm de chuva neste período. A temperatura à tarde chegou aos 32,2°C. Por causa da chuva intensa, a visibilidade no aeroporto internacional Hercílio Luz ficou reduzida para 2000 metros às 19h25. Nas imagens de satélite, as nuvens carregadas que passaram sobre Florianópolis, com potencial para tempestade e granizo aparecem em tons de vermelho e em amarelo. A passagem destas nuvens sobre Rio Negrinho provocou rajadas de ventos com 82 km/h às 18h da quarta-feira, 11. Outras nuvens de temporal passaram sobre Navegantes, no litoral norte catarinense e provocaram rajadas de vento de 50 km/h, ás 20h40.