Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Nevoeiro no centro-sul do Brasil

24/05/2013 às 18:12
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">Nos últimos dias, a circulação dos ventos sobre o Brasil forçou um acúmulo de umidade sobre os estados do Sul, do Sudeste e também em Mato Grosso do Sul. A presença de ar polar causou o resfriamento. Umidade alta e temperatura baixa são os principais fatores meteorológicos que possibilitam a formação do nevoeiro e de névoas fortes. O nevoeiro é responsável por forte redução de visibilidade em aeroportos e estradas, o que causa grandes transtornos, prejuízos econômicos e até perdas de vidas. Nesta sexta-feira, o nevoeiro encobriu Porto Alegre durante quase toda a manhã . A visibilidade no aeroporto internacional Salgado Filho ficou reduzida até pouco antes da 11 horas. No aeroporto de Pelotas, sul gaúcho, o nevoeiro forte restringiu a visibilidade para 50 metros durante várias horas. Em Ponta Porã, no sul de Mato Grosso do Sul, a visibilidade no aeroporto ficou quase nula praticamente o dia todo. Veja algumas localidades com nevoeiro nesta madrugada de sábado: Em Londrina, no norte paranaense, a visibilidade ficou restrita a 200 m por volta das 2h. Em Foz do Iguaçu (PR), o nevoeiro também já encobre a cidade e a visibilidade está restrita a 200 m. Em Santa Maria, no interior gaúcho a névoa úmida também reduz a visibilidade para 1000 m na região do aeroporto local. Em Chapecó, no oeste catarinense o nevoeiro encobre também a cidade e na região do aeroporto a visibilidade está restrita a 800 m. Até na região do Triângulo Mineiro já há formação de nevoeiro. Em Uberaba a visibilidade está restrita a 900 m. Neste fim de madrugada (5h), o aeroporto de Maringá, norte paranaense tem visibilidade reduzida a 100 m por causa do nevoeiro. Visibilidade restrita também no Triângulo Mineiro. Em Uberlândia a visibilidade está reduzida a 100 m e em Uberaba a 800 m. Em Chapecó e em Foz do Iguaçu a madrugada também vai terminando com nevoeiro que reduz a visibilidade para 800 m.   Durante o fim de semana, a tendência é de gradual redução da umidade e elevação da temperatura. Mas o amanhecer ainda será frio. Neste sábado, a umidade continua elevada e o frio vão gerar nevoeiros em muitas áreas do Sul e do Sudeste. O fenômeno pode se formar inclusive nas capitais Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. O  domingo deve ser menos úmido, mas a chance de nevoeiro ainda é alta no começo da manhã.