Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

RJ: calor aumenta e chuva continua longe

09/01/2015 às 13:44
por Josélia Pegorim

Todo
o Estado do Rio de Janeiro continua esquentando. Às 11 horas da manhã desta sexta-feira, os aeroportos na cidade do Rio e Janeiro informavam temperaturas entre 33°C a 37°C. A mais elevada era de 37°C, no aeroporto de Jacarepaguá. À 1 hora da tarde, o aeroporto Santos Dumont e o aeroporto Jacarepaguá registravam 38°C.  A sensação térmica no Santos Dumont era de 41°C. As imagens de satélite compravam a falta de nuvens sobre o Estado do Rio. A cor preta indica a pouca ou nenhuma nebulosidade. A primeira imagem é do começo da noite de quinta-feira e as demais da manhã desta sexta-feira.     Não há expectativa de chuva para esta sexta-feira e nem para o fim de semana para nenhuma região do Estado do Rio de Janeiro. O nível de umidade continua em queda, o que reduz a chance de formação das nuvens. Às 13 horas desta sexta-feira, a umidade relativa do ar no aeroporto internacional Tom Jobim, na ilha do Governador, era de apenas 27%, um valor muito abaixo do normal para uma cidade litorânea e para esta época do ano no Rio de Janeiro, que normalmente é úmido. Fim de semana de recorde de calor No fim de semana, a sensação térmica e a temperatura real do ar devem atingir ou mesmo superar os 40°C na cidade do Rio de Janeiro e até em outros locais do litoral fluminense. A expectativa é de que ocorra um novo recorde de calor até o domingo na capital fluminense. O recorde atual é de 40,9°C, em 2 de janeiro. No ano passado, a temperatura máxima na cidade do Rio foi de 41,6°C no dia 13 de outubro.   Bloqueio atmosférico   Os efeitos de um novo bloqueio atmosférico que já começaram a ser observados sobre os Estados do Sudeste. Este bloqueio é caracterizado pela forte atuação de um sistema de alta pressão atmosférica que reduz a umidade do ar e consequentemente a nebulosidade e as condições para chuva. Frente fria demora As simulações do deslocamento das frentes frias feitas em 9 de janeiro indicavam a possibilidade de uma destes sistemas alcançar o Rio de Janeiro só  após o dia 18 de janeiro. Até lá, a chance de chover no Estado do Rio de Janeiro, de forma geral, é muito baixa.  Entenda o bloqueio atmosférico Mar baixo Além de diminuir a nebulosidade e a chance de chuva, o sistema de alta pressão que se intensifica sobre o Brasil vai reduzir o vento e deixar o mar baixo. O fim de semana promete um calor intenso, muito sol e pouca onda. Ache a sua onda e a sua tribo no Climasurf Saiba como observar o cometa Lovejoy que está visível nos próximos dias  Fique atento aos problemas causados pelo excesso de sol e de calor: insolação, desidratação , cuidados com os alimentos