Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo: ar de outono não veio para ficar

18/02/2014 às 21:56
por Josélia Pegorim

A passagem de uma frente fria pelo Sudeste causou chuva forte sobre a cidade de São Paulo no fim de semana e derrubou a temperatura. Desde o sábado, o Instituto Nacional de Meteorologia vem registrando temperaturas máximas sempre abaixo dos 26°C e as temperaturas mínimas da madrugada baixaram para menos de 20°C. A combinação da chuva e com ar polar que veio com a frente fria causaram forte queda da temperatura, o que fez muita gente usar até um casaco leve ou se cobrir para dormir à noite. Quem gostou da mudança do tempo ao vai gostar da previsão para os próximos dias. A grande e forte massa de ar polar que trouxe o friozinho está se afastando do Brasil. Nesta quarta-feira, São Paulo ainda fica fresquinha, mas a partir de quinta-feira já esquenta de novo. O único consolo para quem não se dá com o calorão, é que as temperaturas não vão chegar a valores extremos como nas semanas anteriores.   Ar polar fez toda a diferença Antes da mudança do tempo, a média das temperaturas máximas registrada no Mirante de Santana (zona norte) estava em 34,7°Cm 6,7°C acima da média normal para fevereiro, que é de 28°C. Com os últimos quatro dias fresquinhos, a média da temperatura máxima baixou para 32,5°C, mas ainda está 4,5°C acima do normal. O ar polar que entrou sobre São Paulo fez uma enorme diferença no sono do paulistano. Muita gente não estava conseguindo dormir por causa de tanto calor. Pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia, a média da temperatura mínima no Mirante de Santana de 1 a 14 de fevereiro, pré-ar polar, foi de 23°C, 4,3°C acima da média normal  para o mês que é de 18,7°C. Incluindo as madrugadas dos dias 15, 16, 17 e 18, que foram com temperatura mínima abaixo dos 20°C, a média da temperatura mínima baixou para 22,1°C.