Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo bate o recorde de chuva em junho

21/06/2012 às 20:35
por Josélia Pegorim

Aind
a não é oficial, e a contabilidade dos milímetros de chuva será corrigida até na manhã desta próxima sexta-feira, mas já podemos dizer que a cidade de São Paulo está recebendo a maior quantidade de chuva num mês de junho desde 1943, quando o Instituto Nacional de Meteorologia começou a fazer medições regulares no Mirante de Santana, na zona norte da capital. A medição automática no Mirante de Santana indicou 9,2 milímetros de chuva acumulados da meia-noite até 20 horas desta quinta-feira. A estação meteorológica convencional do Mirante já havia registrado 213,8 milímetros do dia 1 até 9 h do dia 21 de junho. O recorde de maior acumulado de chuva em junho é de 220,7 milímetros, em junho de 1983.  O total aproximado de chuva acumulada é de 223 milímetros, superando então o valor de 1983. Rigorosamente não podemos somar os 9,2 milímetros ao valor registrado na forma convencional, pois são pontos de medição diferentes, embora muito próximos.  Exatamente por isto esclarecemos no início do texto que os números são extraoficiais. Depois das 9h da manhã desta sexta-feira, com a chuva caindo sem parar na madrugada e em parte da manhã, saberemos quanto choveu em 24h, das 9 horas da manhã do dia 21 até 9 horas da manhã do dia 22 de junho. Este valor certamente será superior aos 9,2 milímetros já acumulados no ponto de medição automática.