Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo esquenta e seca

06/10/2014 às 17:50
por Josélia Pegorim

Quem
não gosta do friozinho e não quer chuva ainda vai adorar o tempo nos próximos dias. Mas quem curte as baixas temperaturas, vai reclamar cada vez mais das condições meteorológicas. Em poucas palavras, São Paulo começou a esquentar e a secar de novo. A queda da umidade afasta a chuva. Veja como foi a evolução da temperatura máxima nos últimos dias     Ar seco Uma grande massa de ar seco se intensifica sobre o Brasil e vai manter as frentes frias afastadas. Nos próximos 15 dias, três frentes frias vão entrar no Sul, mas só uma terá força para trazer chuva para São Paulo. Porém, isto está previsto para ocorrer só depois do dia 17 de outubro. No próximo sábado, uma frente fria deve passar pelo litoral paulista, mas muito fraca, causando algumas nuvens e nada de chuva. Na zona sul da capital, o aeroporto de Congonhas registrou 27% de umidade no ar. No fim de semana, o nível mínimo foi de 40% na tarde do sábado. A tendência é de que os níveis de umidade se aproximem cada vez mais de 20% até o fim da semana   Menos chuva, mais poluição Sem frente fria e com o ar secando, São Paulo terá vários dias com poucas nuvens. O ar polar se afasta cada vez mais e sol forte de outubro vai fazer com o que o ar esquente rapidamente. As noites ainda serão frescas, mas não tão frias como nos últimos dias. Mas tardes ficam cada vez mais quentes. Sem chuva por vários dias, e também com o vento ficando cada vez mais fraco, o ar de São Paulo vai ficar mais poluído. A semana começou com frio de 10°C e termina com calor de 30°C e com os bichinhos de luz incomodando de novo.   Temperatura em elevação A madrugada desta segunda-feira ainda foi fria, com temperatura mínima em torno dos 10°C, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Mas a temperatura a tarde já subiu bastante em relação ao fim de semana.     Sem chuva à vista   Desafiando o sol! Participe do desafio da Climatempo