Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo: o mês mais frio do ano deve terminar com temperaturas acima da média

25/07/2011 às 16:35
por Josélia Pegorim

ong>São Paulo: o mês mais frio do ano deve terminar com temperaturas acima da média São Paulo deve terminar o mês de julho com temperaturas um pouco acima do normal, apesar do frio intenso nos primeiros 10 dias do mês e da queda da temperatura sentida neste último fim de semana. Entre os dias 1 e 10 de julho, o frio foi constante e maior do que normalmente faz na cidade de São Paulo, mesmo sendo julho o mês tradicionalmente mais frio do ano. Neste período, quase todas das tardes foram bem frias, com temperaturas máximas variando de 16ºC aos 20ºC. As madrugadas foram geladas, com temperaturas em geral entre 8ºC e 12ºC. A recente passagem de uma frente fria pela cidade trouxe o ar polar de volta fazendo a temperatura despencar na sexta-feira, quando os termômetros não passaram dos 21ºC. No fim de semana, a temperatura máxima variou entre 18º e 20ºC e nesta segunda-feira teve ligeira elevação alcançando perto dos 22ºC. Em todos estes dias de baixas temperaturas, São Paulo foi fortemente influenciada pelo ar polar, que impede um maior aquecimento do ar, mesmo em dias ensolarados, com céu azul. Mas de repente o frio parou e São Paulo esquentou muito rapidamente. Antes da esfriada do fim de semana, o paulistano teve 12 tardes quentes consecutivas, com temperaturas máximas entre 26ºC e 29ºC. Isto ocorreu entre a tarde do dia 10 e a tarde do dia 21 de julho. As madrugadas neste período também foram bem menos frias, com temperaturas mínimas quase sempre acima dos 13ºC. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mínima normal para julho é de 11,5ºC e a máxima normal é de 22,1ºC. Assim, uma temperatura de 26ºC à tarde em julho é muito acima da média. Uma madrugada com frio de 8ºC é bem mais fria que a média. De acordo com as medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia na estação meteorológica do Mirante de Santana, na zona norte da capital, a média das temperaturas mínimas registradas entre 1 e 25 de julho estava 1,4ºC acima da média normal. A média das temperaturas máximas neste período estava 1,2ºC acima do valor padrão. O que reverteu a tendência de frio dos 10 primeiros dias de julho foi uma mudança na circulação geral dos ventos sobre o centro-sul da América do Sul. O bloqueio gerado por esta alteração dos ventos fez com que as massas polares intensas fossem desviadas para alto-mar, antes de conseguirem chegar com força ao Brasil. A atual massa polar que derrubou a temperatura no fim de semana tende a se afastar da costa do Sudeste no decorrer desta semana. Assim, a tendência é de elevação gradual da temperatura. Não vai esquentar tanto como na semana passada, mas a tendência de julho terminar com temperaturas acima da média será mantida.