Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo pode esquentar ainda mais

07/02/2014 às 22:01
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">As condições meteorológicas completamente atípicas do verão de 2014 estão fazendo São Paulo bater vários recordes de calor. No dia 1 de fevereiro, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 35,9°C que foi a maior temperatura em 71 anos para um dia de fevereiro e a quinta maior temperatura registrada no Mirante de Santana desde 1943, quando começaram as medições neste local, na zona norte. Mas nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, outro recorde foi batido.O Inmet registrou a temperatura de 36,4°C que passou a ser a maior para um dia de fevereiro e o quarto maior valor no Mirante desde 1943. Recorde histórico pode ser batido Sem a previsão de entrada de ar polar até o dia 15 ou 16 de fevereiro e com pouca chuva, não se pode descartar a possibilidade de São Paulo bater o recorde histórico de calor. Desde 1943, a maior temperatura registrada pelo Inmet foi de 37°C, em 20 de janeiro de 1999. Ar polar e chuva à vista O calorão e a seca estão com dias contados. As mais recentes simulações atmosféricas indicam que o bloqueio atmosférico, que vem impedindo a chegada das frentes frias, começa a ser rompido na semana que vem. A chuva e o alívio do calor chegam primeiro ao Sul do Brasil. Mas no  início da segunda quinzena de fevereiro, entre 15 e 17 de fevereiro, uma frente fria deve chegar a São Paulo fazendo com que volte a chover com frequência sobre a região.