Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo e Rio de Janeiro registram tarde mais quente do inverno

06/08/2009 às 12:42
por Josélia Pegorim

De a
cordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura às 15 horas desta quinta-feira chegou aos 29ºC no Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo. Além ter sido a maior temperatura do inverno, foi o maior o valor registrado no Mirante nos últimos 4 meses. No dia 5 de abril fez 30,4ºC. A temperatura hoje chegou aos 29ºC também no Campo de Marte, na zona norte da capital paulista e no aeroporto de Congonhas, na zona sul. Na Grande SP, o aeroporto internacional de Guarulhos marcou 29ºC. E a tarde de hoje também foi a mais quente do inverno no Rio de Janeiro, que  teve um belo dia de sol e calor. De acordo com o Inmet, a temperatura chegou aos 33,5ºC no Forte de Copacabana, na zona sul da capital fluminense. O recorde anterior era de 33,3ºC na Praça Mauá (centro do Rio), no dia 10 de julho.  Em Macaé, no litoral norte do Estado do Rio de Janeiro, a temperatura hoje chegou aos 35ºC. O Estado de São Paulo, como todo o Sudeste do Brasil,  sentiu a força da grande massa de ar quente e seco que predomina sobre o Brasil. Os níveis de umidade já baixaram muito ontem e hoje caíram um pouco mais. O calor aumentou. Mas a pergunta é: será que a frente fria que avança do Sul do Brasil vai mudar o tempo em São Paulo? Em algumas áreas (poucas) do Estado sim. O litoral paulista vai sentir uma grande mudança no tempo amanhã. O vento de noroeste e o calor de 35ºC que foi registrado à 1 hora da tarde na base aérea do Guarujá é o sinal de que a frente fria se aproxima. É o que os meteorologistas chamam de “condições pré-frontais”, ou seja, algumas condições que em geral são observadas antes da chegada de uma frente fria. Mas desta vez, para brigar com a frente fria, tem o ar quente e seco que está forte sobre São Paulo. Como e onde ocorre a mudança no tempo? No litoral, a mudança dos ventos será grande. O vento frio vai predominar amanhã, fazendo a temperatura cair muito em relação a hoje. A nebulosidade aumenta bastante no decorrer do dia e pode até chuviscar. Áreas como a Grande São Paulo, os vales do Paraíba e do Ribeira, por serem muito próximas do litoral, vão sentir também algumas mudanças no tempo. Hoje, o vento foi quente e seco nestas regiões. Durante esta sexta-feira, o vento úmido e frio do mar vai aumentar a umidade e esfriar o ar. A temperatura vai cair um pouco, a nebulosidade vai aumentar, mas não há expectativa de chuva. Diante do calor de hoje, será fácil notar que “refrescou”, mas seria demais falar que “o frio voltou”. Nas outras áreas do Estado de São Paulo, o tempo praticamente não vai mudar. O sol forte e o calor serão sentidos o dia todo. E no fim de semana? A frente fria se afasta. O sol, o ar quente e seco voltam a predominar. A temperatura sobe de novo também na capital e no litoral. No Rio de Janeiro também vai ocorrer uma mudança na direção dos ventos nesta sexta-feira, por conta da chegada da mesma frente fria. O calor diminui, as nuvens aumentam, mas a chance de chuva é baixa. No fim de semana, o Rio terá sol e calor. A tarde desta quinta-feira está sendo a mais seca do ano em Vitória, capital do Espírito Santo. Às 14 horas, a umidade relativa do ar chegou a 18% na região do aeroporto da cidade. Este calor é muito baixo para uma região litorânea. Além do ar muito seco, os capixabas hoje estão sentindo muito calor. A temperatura chegou aos 34ºC. Ontem, a maior temperatura no aeroporto de Vitória foi de 27ºC e o menor índice de umidade foi de 57%.