Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

São Paulo começa a esquentar nesta quarta

02/06/2015 às 16:56
por Josélia Pegorim

Atua
lizado às 18h55 de 02/06/2015 Sai ar polar, entra ar quente O tempo vai começar a mudar novamente a partir desta quarta-feira, mas desta vez é para o aumento da temperatura e diminuição da umidade. A massa de ar polar que trouxe ventos frios e úmido para São Paulo nos últimos dois dias se movimenta para o mar e vai se afastando do Brasil no decorrer da semana. Enquanto isto, uma outra massa de ar, quente e seca, vai ganhado força sobre o Brasil. É esta nova massa de ar que vai predominar nos próximos dias causando a redução dos níveis de umidade. Com a redução da umidade, a nebulosidade também vai diminuir  Confira a previsão da temperatura para São Paulo Sol e ar seco A Grande São Paulo começou a semana com o excesso de umidade e vai terminar a primeira semana de junho com ar seco e possivelmente com problemas de aumento da poluição. Com a diminuição da umidade e da nebulosidade, o sol vai estar presente por várias horas, especialmente a partir de quinta-feira. Nesta quarta-feira, o sol já deve aparecer, mas ainda entre muitas nuvens. A névoa deixa o céu nublado no começo da manhã. Os mapas mostram a projeção da umidade relativa mínima. Quanto mais azul, mais úmido. Os tons de marrom indicam menores níveis umidade e ar mais seco.   Recorde de tarde mais fria do ano pelo terceiro dia consecutivo A terça-feira foi mais um dia úmido e frio na cidade de São Paulo. Pelo terceiro dia consecutivo, a capital paulista registrou recorde de tarde mais fria do ano. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura máxima de apenas 17,5°C  no Mirante de Santana, na zona norte da cidade.  A sucessão de recordes começou com a temperatura máxima de 18,4°C no domingo e depois de 18,0°C na tarde da segunda-feira. Ainda segundo Inmet, a tarde de 2 de junho foi a mais fria em São Paulo desde o dia 14 de agosto de 2014, quando a temperatura máxima foi de apenas 12,6°C. Por volta das 15 horas, a temperatura real do ar era de apenas 17°C, mas por causa do vento moderado, a sensação era de mais frio. No Campo de Marte, na zona norte da cidade, a sensação térmica às 3 horas da tarde era de 13°C. Na região do aeroporto de Congonhas, a sensação térmica às 2 horas da tarde era de 12°C. São Paulo está há três dias com céu nublado e influência de ar polar. A falta do sol e a presença do ar frio polar deixaram a temperatura baixa. O excesso de umidade e o frio formaram uma densa névoa que reduziu a visibilidade durante tarde da terça-feira. No Campo de Marte, na zona norte, a visibilidade chegou a baixar para 3000 metros por volta das 14h30 por causa da forte névoa.     E o feriadão? Confira a previsão!