Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Seca e enchente afetam cidades da BA

09/05/2012 às 16:18
por Redação

Trê
s municípios localizados às margens do Rio São Francisco, na Bahia, sofrem com dois problemas de origens opostas. De um lado a estiagem, e do outro a enchentes. As cidades de Morpará, Ibotirama e Muquém do São Francisco estão em estado de emergência desde janeiro ora por causa da estiagem e ora por causa das enxurradas que atingiram o estado de Minas Gerais, onde fica a nascente do rio São Francisco, apesar da falta de chuva. Isso aconteceu porque a seca chegou antes do esperado por causa do fenômeno La Niña e as regiões mais afastadas do rio ficaram sem água cedo. No entanto, as chuvas que atingiram Minas Gerais fez com que o rio transbordasse e a cheia chegou até o estado baiano. O ano foi atípico, pois a seca normalmente chega nos meses de maio e junho, já este ano ela veio em janeiro e fevereiro e e no final do ano passado, as cidades já sofriam com as cheias. A situação é ainda pior por causa da extensão dos municípios que dificulta a chegada da água do rio. A produção de milho, feijão, algodão e mandioca apresentam prejuízo por causa das enchentes e os principais afetados foram os moradores da zona rural, quando a água baixou, a seca impediu o desenvolvimento da safra. As três cidades estão trabalhando junto com o Ministério da Integração em ações para amenizar os efeitos das mudanças climáticas na região. Os poços artesianos, que suprem 25 famílias, estão secando e muitas famílias estão consumindo água da enchente,  o problema é que o consumo desta água pode causar doenças gastrointestinais além de hepatite e leptospirose.