Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Seca em Belo Horizonte: 1 mês sem chuva, em pleno verão

18/02/2011 às 12:04
por Josélia Pegorim

Em p
leno verão, época em que mais chove em  praticamente toda a Região Sudeste do Brasil, Belo Horizonte está vivendo uma situação atípica de seca. A capital mineira está completando um mês sem chuva. Pelos registros do Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia, a última chuva que caiu sobre Belo Horizonte foi entre os dias 18 e 19 de janeiro. Desde então, os dias têm sido secos, muitas vezes ensolarados e com um céu quase todo azul que não se costuma ver nesta época do ano. A média de chuva normal para fevereiro é de 188 milímetros, sendo o quarto mês mais chuvoso do ano. O padrão climático da capital mineira é muito bem definido e praticamente toda a chuva do ano acontece durante os meses da primavera e do verão. O outono e o inverno são de seca e é raro chover em Belo Horizonte. Umidade do ar abaixo do normal afasta a chuva A falta de nuvens e de chuva revela que está faltando umidade sobre Belo Horizonte. Em geral, as nuvens de chuva se formam a partir do calor e de muita umidade no ar. Se os níveis de umidade ficam baixos, a chance de chover diminui, mesmo num dia quente. Em várias tardes de fevereiro, a capital mineira teve níveis de umidade relativa abaixo dos 30%, um valor baixo em qualquer época do ano e que não favorece chuva. A seca atípica na região de Belo Horizonte é conseqüência da mudança do padrão de ventos e da pressão atmosférica que começou a ser observado sobre a Região Sudeste durante a segunda quinzena de janeiro. Um forte sistema de alta pressão, nos níveis médios e altos da atmosfera, ganhou força sobre o Sudeste deixando o ar mais seco do que o normal, para esta época do ano. Essa alta pressão vem funcionando como uma “tampa” sobre Belo Horizonte, e outras áreas do Sudeste, impedindo que as nuvens cresçam e consigam transformar a umidade em gotas de chuva. Na prática, desde que este sistema de alta pressão se instalou sobre o Sudeste, as nuvens sobre a capital mineira estão branquinhas, pequenas e em nada lembram uma nuvem de chuva. As frentes frias que avançam do Sul do País estão sendo barradas em São Paulo e também não estão conseguindo chegar a Beco Horizonte. Possibilidade de mudança na próxima semana Neste fim de semana, Belo Horizonte e a maioria das regiões de Minas Gerais terão sol forte e calor, mas a chance de chover é baixa. A partir de segunda-feira, já existe uma possibilidade de pancadas de chuva, mas que devem ser rápidas e com pouco volume até a quarta-feira. As condições de chuva devem aumentar de fato a partir de quinta-feira, quando uma nova frente fria avançar para o Rio de Janeiro, influenciando o centro-sul de Minas Gerais. Esta frente fria deve chegar ao Brasil com mais força do que os sistemas que entraram no país desde o início de fevereiro.