Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Semana seca no Rio de Janeiro

17/11/2014 às 21:27
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">Muitos cariocas e fluminenses gostaram da chuvinha do fim de semana. A passagem de uma frente fria deixou as áreas de instabilidade que provocaram chuva sobre o Estado do Rio. Mas esta frente fria foi parar em Sergipe e deixou o centro-sul do Brasil com ar seco de origem polar. O ar seco inibiu a formação das nuvens. A atmosfera mais seca afasta a chuva. Na cidade do Rio, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 35% de umidade na Vila Militar, na zona oeste.   É este ar seco que vai predominar dobre o Rio de Janeiro por mais alguns dias até a chegada da nova frente fria. A chance de chover no Estado do Rio de Janeiro é baixa até o fim da semana. Até a sexta-feira, o sol forte e a umidade abaixo do normal vão predominar. As tardes ficam cada vez mais quentes. A meteorologista Josélia Pegorim comenta sobre a nova frente fria.     Frio fora de hora Foi esta massa polar fez com que todo o Estado do Rio de Janeiro começasse a segunda quinzena de novembro com temperatura baixa. Na capital, a temperatura mínima foi de 13,6°C, no Alto da Boa Vista, a menor desde6 de outubro quando fez 11,2°C. Cidades serranas registraram menos de 10°C, como Nova Friburgo, onde a temperatura mínima ficou foi de 6,5°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. No Pico do Couto, na região de Petrópolis, fez 5,9°C.   A temperatura no Rio na tarde de segunda-feira, 17,  chegou aos 28,5°C. Para os padrões normais de  novembro, é um calor ameno. Faltando pouco menos de um mês para o solstício de verão, o início do verão, 28°C no Rio é muito pouco. A temperatura não subiu por causa do ar polar. Sem ar polar, numa tarde de meados de novembro, a temperatura chegaria fácil aos 35°C. As madrugadas ficam menos frias a partir de quinta-feira e as tardes cada vez mais quentes. A madrugada desta terça-feira ainda será atipicamente fria. A temperatura na cidade do Rio poderá a mais baixa desde 6 de outubro quando a mínima foi de 11,2°C, segundo o Inmet.