Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Forte onda de frio: Porto Alegre tem tarde mais fria de 2009

23/07/2009 às 15:01
por Josélia Pegorim

A tarde desta quinta-feira foi absolutamente gelada em Porto Alegre. De acordo com as medições do Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura máxima foi de 10,9ºC, a mais baixa à tarde de 2009. O recorde anterior de frio à tarde era de 12,1ºC, no dia 2 de junho. Durante quase todo o dia, a sensação térmica na capital gaúcha foi de zero grau, por conta do vento moderado e muito frio que soprava sobre a cidade. O frio de hoje em Porto Alegre foi provocado pela intensa massa de ar polar que está entrando no Sul do Brasil. O recorde desta quinta-feira foi apenas o primeiro de uma série que serão observados até o domingo. E vai esfriar mais amanhã. A temperatura mínima desta sexta-feira será recorde na capital gaúcha, bem perto de zero grau. Esta forte massa polar já terá efeito nesta sexta-feira também em São Paulo. A chuva e vento frio vão gelar os paulistas. A cidade de São Paulo, e outras localidades do Estado de São Paulo poderão registrar nesta sexta-feira as mais baixas temperaturas à tarde. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura à tarde na capital paulista foi de 15,5ºC, no dia 2 de junho. Mas se o recorde não ocorrer na tarde desta sexta-feira, o sábado também é candidato a frio recorde. A mesma situação poderá ocorrer em Mato Grosso do Sul. A menor temperatura à tarde em Campo Grande este ano foi de 16,8ºC, no dia 17 de julho. A máxima hoje, segundo o Inmet, foi de 17ºC.  A cidade do Rio de Janeiro também poderá ter novo recorde de frio à tarde ainda esta semana. Na última segunda-feira, a temperatura na Praça Mauá, no centro da cidade, não passou dos 21,2ºC. No Sul do Brasil, os recordes poderão ser duplos em muitas áreas do Rio Grande do Sul, do interior de Santa Catarina, do oeste e sul do Paraná. Além de temperaturas recordes ao amanhecer, o frio também será muito intenso à tarde. Os termômetros podem baixar para 5ºC negativos em cidades gaúchas e catarinenses. A capital Porto Alegre terá uma sexta-feira gélida, também recorde e com geada. Pelos dados do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura mínima foi de 3,9ºC , em junho. O frio intenso vem com uma extensa e forte massa de ar polar que há dois dias gela Argentina e o Uruguai. É a onda de frio mais intensa já observada este ano. Nesta quinta-feira, o ar polar já era sentido com muita força também sobre o Paraguai, em grande parte da Bolívia e começou a entrar no Sul do Brasil e em Mato Grosso do Sul. Até o domingo, geadas de forte intensidade devem ser registradas especialmente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. O frio dos próximos dois dias poucas vezes foi sentido mesmo no Sul do País.