Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sobe para 67 o número de mortos e desaparecidos na Coréia do Sul

28/07/2011 às 16:59
por Redação

Na C
oréia do Sul, o número de mortos aumentou para 67 em decorrência das fortes chuvas que atingem o país. E os prejuízos já somam mais de centenas de milhões de dólares. Os temporais que não param desde terça-feira, estão sendo considerados os piores dos últimos cem anos. A região montanhosa é a mais afetada. O Ministério da Defesa e a polícia foram chamados para conter as enchentes e os danos das chuvas torrenciais, além de ajudar no resgate às vítimas. A água subiu mais meio metro em Seul desde terça-feira a noite. Essas tempestades estão sendo classificadas como as mais intensas desde as de julho de 1907. Os rios subiram rapidamente e milhares de carros ficaram submersos. Em um monastério budista quatro pessoas ficaram soterradas depois de um deslizamento de terra, além disso, pontes foram interditadas e os serviços ferroviários foram cancelados temporariamente. Mais de 4500 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas no país e em muitas áreas, a energia elétrica e o abastecimento de água estão interrompidos.