Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Calor e pancadas de chuva no Carnaval 2015

12/02/2015 às 16:44
por Josélia Pegorim

O Ca
rnaval sempre cai durante o verão. Em fevereiro ou no começo de março, é época de pancadas de chuva frequentes sobre o Brasil e daqueles temporais, típicos de dias quentes. Este ano, não vai faltar calor no Carnaval e para ajudar a chover, a folia começa com uma frente fria passando pelo Sul e chegando a São Paulo. Esta frente fria vai determinar as condições do tempo durante o Carnaval nos Estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e também em parte de Santa Catarina. Ao mesmo tempo, a alta pressão subtropical do Atlântico Sul volta a se intensificar sobre o Brasil e reduz a chuva em parte do Sudeste, do Nordeste e do Centro-Oeste. Confira os detalhes da previsão para a cada Região do Brasil, lembrando que sexta-feira 13 não tem nenhuma influência no tempo.   Região Sul A situação é de alerta para temporais nos três estados no fim de semana de Carnaval. Uma frente fria que fica parada no litoral de São Paulo vai deixar áreas de instabilidade bloqueadas sobre o Paraná e Santa Catarina. Os dois Estados terão muitas nuvens e chuva no fim de semana. Há risco de chuva forte e volumosa que pode causar alagamentos e queda da barreira, especialmente no litoral do Paraná, Grande Curitiba , no vale do Itajaí e litoral norte de Santa Catarina. A segunda-feira ainda será de muita chuva para o Paraná, planalto norte catarinense e vale do Itajaí As áreas de instabilidade enfraquecem na terça-feira permitindo maiores períodos com sol, mas as pancadas de chuva voltam a ocorrer a partir da tarde. Nas outras áreas do interior de Santa Catarina e em Florianópolis, os períodos com sol já aumentam na segunda-feira, mas ainda há condições para pancadas de chuva. O Rio Grande do Sul é o estado que menos sofrerá com a chuva neste Carnaval. Só a sexta-feira será de alerta. De sábado e até a terça-feira, os gaúchos vão poder contar com sol em grande parte do dia. As pancadas de chuva serão mais prováveis nas cidades serranas pelo litoral. Temperatura agradável O Sul do Brasil terá calor no Carnaval, mas nada excessivo. A chuva e o excesso de nuvens vão deixar a temperatura agradável em grande parte do Carnaval em grande parte da Região. Quem for curtir a folia nas cidades  serranas não precisa se preocupar com o frio intenso. A temperatura fica amena à noite, mas não será preciso usar roupas pesadas.   Região Sudeste A previsão de pouca chuva e muito sol não é das mais animadoras para o Sudeste, diante da grave crise hídrica pela qual passam todos os Estados da Região. Por outro lado, sendo o Carnaval de grande importância para o turismo e economia de muitas cidades, especialmente as litorâneas, a expectativa de pouca chuva é até uma boa notícia. O Sudeste sofreu em janeiro de 2015 com a falta de chuva por causa da forte atuação de um sistema meteorológico chamado “alta pressão subtropical do Altântico Sul”, ou abreviadamente, ASAS. Estas quatro letrinhas estão sendo amaldiçoadas desde o verão de 2014, pois é este sistema o principal causador da situação bloqueio atmosférico que afasta as frentes frias e reduz a chuva. A ASAS se intensifica novamente sobre o Sudeste durante o Carnaval 2015, mas não com tanta força como no mês passado. Mesmo assim, vai fazer com que muitas áreas do Sudeste fiquem quase todo o Carnaval pouca ou nenhuma chuva. Uma frente fria vai passar quase todo o Carnaval próxima do litoral de São Paulo, estimulando a chuva. Minas Gerais Todo o Estado terá um Carnaval com muito sol, calor e poucas pancadas de chuva, que só devem ocorrer em parte da tarde e da noite. A maior chance de chuva é para o Triângulo Mineiro, Sul de Minas e Zona da Mata Mineira. Espírito Santo Muito sol e calor durante todo o Carnaval. A chance de chuva é baixa em todo o Estado. As poucas pancadas de chuva, se ocorrerem, devem ser no fim da tarde e em parte da noite, mas em poucas áreas. Rio de Janeiro O Rio de Janeiro também vai ficar dentro da área da atuação ficam dentro da área de maior atuação das ASAS, sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul, que reduz as condições para chuva. O Carnaval no Estado do Rio será com  sol, calor e poucas pancadas de chuva. O risco de chuva aumenta a partir de terça-feira. Desfiles das escolas de samba no Rio de Janeiro A primeira noite dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro será abafada. Há uma possibilidade de pancadas de chuva na noite do domingo, que poderá atrapalhar a apresentação das primeiras escoladas a desfilar. Mas a chance de chuva na madrugada de segunda-feira é baixa. Para a segunda noite de desfiles,  a possibilidade de chuva aumentou. As pancadas de chuva podem ocorrer na noite de segunda e também na madrugada de terça-feira.   São Paulo São Paulo fica em atenção por causa do alto risco de temporais. Uma frente fria fica próxima ao litoral paulista no fim de semana e estimula a formação de muitas áreas de instabilidade. A frente fria se afasta na segunda-feira, mas as condições para chuva continuam altas até a quarta-feira.  As pancadas de chuva serão frequentes no litoral, a Grande São Paulo e pelo interior. Há risco de temporais. Uma preocupação especial é com grandes volumes de chuva sobre o litoral, que já teve dois eventos de chuva intensa recentes, no período de mais ou menos um mês, que causaram queda de barreiras e enchentes. Desfiles das escolas de samba em São Paulo A chance de pancadas de chuva na região da cidade de São Paulo na noite de sexta-feira, 13 é alta. Assim, os primeiros desfiles correm o risco de ser com chuva. E pode chover ainda na madrugada de sábado 14, mas o risco é menor. Porém, com a frente fria parada no litoral paulista durante o sábado, o risco de chuva aumenta bastante tanto para a noite do sábado, 14, como para a madrugada do domingo, 15. A cidade de São Paulo fica em atenção para chuva forte no Carnaval   Mar agitado Quem for passar o Carnaval nas praias do Espírito Santo, do Rio de Janeiro vai poder contar com dias de muito sol. No litoral de São Paulo, o Carnaval deve ser marcado por muita nebulosidade e risco de chuva forte, por causa de uma frente fria que vai ficar na região durante quase todo o Carnaval. Em São Paulo e no Rio, os surfistas vão poder aproveitar a elevação das ondas no domingo e na segunda-feira, 16, com picos que podem chegar aos 2 metros. A ondulação predominante será de sul. As praias capixabas vão sentir a mudança no mar na segunda e na terça-feira de Carnaval, com elevação em torno de 1 metro e ondulação também virando para sul..   Região Nordeste O Carnaval no Nordeste começa mais cedo e termina mais tarde. Em capitais como Salvador e Recife, os blocos começam a embalar os turistas semanas antes dos dias oficiais da folia, quando o movimento é ainda maior. Neste ano, o Carnaval do Nordeste será com sol, calor e pouca chuva. Há condições de pancadas de chuva neste Carnaval em todos os Estados do Nordeste, tanto no litoral quanto no interior da Região. Mas de forma geral, a chuva não deve atrapalhar a diversão. O Maranhão e o Piauí vão passar o Carnaval com muitas nuvens, períodos com sol e as pancadas de chuva serão mais frequentes do que nos demais estados. Há possibilidade de chuvas moderadas a fortes, inclusive nas capitais. No Ceará, no Rio Grande do Norte, na Paraíba e em Pernambuco,  as pancadas de chuva são mais prováveis no sábado e no domingo de Carnaval. Mas o tempo não fica fechado. Já em Sergipe, em Alagoas e na Bahia, todos os dias  de Carnaval serão com sol forte e pouca chance e chuva.   Região Centro-Oeste Em anos normais, a Região Centro-Oeste tem dias muito abafados durante o Carnaval e as pancadas de chuva são frequentes em toda a Região e muitas vezes com forte intensidade. Mas o verão de 2015 não é um verão normal. Nos próximos dias o sistema de alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) vai atuar com mais força sobre Goiás, Distrito Federal e leste de Mato Grosso. A alta pressão diminui as condições para chuva. Assim, durante o Carnaval 2015 estas regiões terão muito sol, calor acima da média para esta época e poucas pancadas de chuva à tarde e em parte da noite. As demais áreas de Mato Grosso passam o Carnaval com períodos de sol e pancadas de chuva frequentes, com risco de temporais. Já em Mato Grosso do Sul, a chuva durante os dias de Carnaval é preocupante. A presença de uma frente fria próxima ao litoral de São Paulo vai ajudar a formar e a manter nuvens carregadas sobre o Estado, que podem provocar chuva forte e volumosa. A chuva mais intensa deve ocorrer em áreas do centro, sul e oeste de Mato Grosso do Sul, incluindo a capital, Campo Grande.   Região Norte Muito calor, ar abafado, pancadas de chuva frequente e períodos com sol. Esta é a situação de tempo típica da Região Norte nesta época do ano. O ar quente e úmido que predomina sobre o Norte facilita a formação das grandes nuvens que provocam pancadas de chuva. Durante o Carnaval de 2015, as pancadas de chuva serão frequentes por quase todo o Norte do Brasil e podem ocorrer a qualquer hora do dia e da noite. A chuva pode atrapalhar a folia do Carnaval em muitas áreas do Amazonas, do Pará, do Acre e de Rondônia. Nos outros estados, as pancadas de chuva serão menos frequentes e o sol vai aparecer por mais tempo. Nas capitais, a maior chance de problemas por causa da chuva será em Manaus, Rio Branco e em Porto Velho.   Confira a previsão para todo o Brasil com apresentação de Paula Soares   Saiba como será o tempo durante o Carnaval em Veneza, na Itália, o mais famoso da Europa.