Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

SP está fervendo

19/01/2015 às 16:20
por Josélia Pegorim

ong>Calor perto do 40°C Os paulistas vivem mais um dia completamente atípico para janeiro: temperaturas extremamente elevadas, muito acima do normal para esta época do ano, e ar seco, com níveis de umidade bastante baixos para os padrões de janeiro, que normalmente é um mês úmido. Às 154 horas, o aeroporto de São José dos Campos, no vale do Paraíba, registrava 38°C e apenas 15% de umidade no ar. É como se fosse um dia muito seco de inverno, mas com o calor extremo de primavera. Os aeroportos de Araraquara e de Presidente Prudente também registravam 38°C Às 15 horas, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, quase todo o Estado de São Paulo estava com temperaturas entre 35°C e 38°C.     Recorde histórico de calor em Sorocaba O Instituto Nacional de Meteorologia informou que a temperatura máxima de 36,7°C registrada em Sorocaba na tarde do sábado, 17, foi a mais alta para um dia janeiro. Foi o recorde histórico para janeiro. Na cidade de São Paulo, o novo recorde de calor foi estabelecido também no dia 17 de janeiro. A temperatura máxima foi de 35,7°C Mas há possibilidade de que o novo recorde seja batido ainda nesta segunda-feira Ar polar à vista Frente fria traz chuva para os próximos dias As condições para chuva vão aumentar bastante a partir do meio da semana com a chegada de uma frente fria ao litoral paulista na quarta-feira, 21 de janeiro. Esta frente fria será responsável pelo enfraquecimento da alta pressão subtropical do Atlântico Sul (ASAS) que vem mantendo as frentes frias e o ar polar afastados do Sudeste e também dificultando a ocorrência de pancadas de chuva mais frequentes. Durante a tarde e a noite da quarta-feira, 21 de janeiro, os ventos de origem polar começam a entrar em São Paulo ajudando a refrescar o ar, junto com a chuva. A madrugada de quinta-feira, 22, já será muito menos abafada do que a dos últimos dias. Os efeitos da passagem desta frente fria serão sentidos por vários dias sobre São Paulo mantendo as condições para pancadas de chuva mais frequentes. Até o começo de fevereiro outras frentes frias devem passar pelo litoral paulista.