Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva enfraquece em São Paulo, mas ainda é generalizada

25/02/2015 às 07:49
por Josélia Pegorim

Atualizado às 17h55 de 25/02/2015 Por volta das 18 horas, as áreas de instabilidade já haviam enfraquecido sobre a Grande São Paulo, porém a chuva ainda caía de forma generalizada. A chuva estava fraca a moderada na maioria das áreas da capital e a tendência e de enfraquecimento nas próximas horas. Radares Climatempo-USP - 17h42 - 25-2-2015  

Nuvens carregadas voltaram a se formar sobre a Grande São Paulo e provocaram temporais que causaram grandes transtornos.  A chuva intensa começou pelas zonas norte e leste da capital e em municípios do norte a Grande São Paulo. Fortes trovoadas começaram a ocorrer na região da Climatempo (Paraíso-Vila Mariana) por volta das 14 horas. O internauta Joel entro em contato com a Climatempo informando chuva forte na zona leste e com queda da granizo.

Segundo informações da rede de monitoramento da Earth Networks um total de 3658 raios foram registrados desde o início dos temporais em São Paulo, até por volta das 17 horas. Este número contabiliza raios nuvens/solo e nuvem/nuvem.

As imagens dos radares Climatempo-USP mostram a concentração de chuva forte no Centro e Zona Leste da capital paulista às 15h35.

Segundo informações do Sistema de Alerta a Inundações de São Paulo (SAISP) o Rio Tietê na altura do Jardim Romano tem uma elevação no nível, até às 15h não havia informações sobre extravasamento. Às 16:20 o SAISP informava o extravasamento do Rio Tamanduateí na altura do Mercado Municipal, as proximidades de Pacheco Chaves estão em alerta.

Às 18 horas, o CGE mantinha quase toda a capital em estado de atenção para enchentes. Parte das zonas central, leste e sudeste estava em alerta por causa de enchentes já detectadas pelo transbordamento do rio Tamanduateí e do córrego Moóca.

Às 15h já havia 1 ponto de alagamento no Ipiranga. Às 15h30 o CGE informava a presença de um ponto de alagamento intransitável na Praça da Bandeira - Sé. Às 16h50 o CGE informa que as regiões da Vila Prudente, Ipiranga e Mooca entraram em estado de alerta devido as fortes chuvas.

O Metrô também teve que reduzir sua velocidade reduzida em decorrência das chuvas entre as estações Tiradentes e Tucuruvi da Linha 1 (azul), Alto do Tietê e Chácara Klabin da Linha 2 (verde) e em todo o percurso da linha 3 (vermelha), às 15h15. Segundo informações da CPTM a linha 10 Turquesa está paralisada devido alagamentos.

Radares Climatempo-USP  às 13h37 indicavam chuva muito forte na região da VIla Maria, na zona norte. A chuva intensa aparece em tom de rosa

Áreas de instabilidade atuam sobre o Estado de São Paulo e deixam grande quantidade de nuvens no decorrer do dia sobre todas as regiões paulistas. Choveu durante a madrugada principalmente sobre o interior e algumas localidades tiveram chuva moderada a forte.

Estas áreas de instabilidade vão provocar mais chuva nesta quarta-feira em todo o Estado e devem se intensificar com o calor. Assim, chuvas moderadas a fortes voltam a ocorrer principalmente durante a tarde e também à noite, com raios e risco de fortes rajadas de vento.

  Um arco-íris depois da chuva

Algumas áreas na Grande São Paulo registram chuva na madrugada e ao amanhecer desta quarta-feira. Quando o sol foi surgindo no horizonte ainda encontrou a atmosfera carregadas das gotículas de chuva e um lindo arco-íris se formou para dar bom dia.

 

Mas a Grande São Paulo ainda terá mais chuva nesta quarta-feira e poderá ser forte, causando mais alguns transtornos. O dia segue úmido e com sensação de abafamento. A chuva forte deve ocorrer antes do fim da tarde.

Várias pessoas em diferentes locais da Grande São Paulo registram o arco-íris. Confira.       O calor de fevereiro está muito acima do normal?