Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sudeste continua úmido e termina a semana com mais chuva

30/09/2010 às 09:16
por Josélia Pegorim

Muita chuva em BH e mais chuva pelo interior de SP

Uma grande frente fria que entrou no Sudeste e desde o início desta semana e conseguiu espalhar o ar úmido por toda a Região. Isto permitiu a formação de nuvens de chuva em todos os Estados. As cidades do centro, oeste e norte do Estado de São Paulo estão debaixo de chuva desde o domingo passado. Nesta quinta-feira, a região de Presidente Prudente e Ribeirão Preto amanheceram de novo com fortes pancadas de chuva e raios. Por volta das 8 horas da manhã, chovia forte em toda a região de Lins, Marília, Cafelândia e José Bonifácio, Penápolis, Novo Horizonte e Borborema. Esta área de chuva avançava para a região de Bauru. O tempo chuvoso também era observado em toda a região em toda a região de Dumont, Sertãozinho, Cajuru, Santa Rita do Viterbo, Serra Azul, São Simão, Mococa e Tambaú. No decorrer desta quinta-feira, o tempo segue úmido e instável no Estado de São Paulo. Pancadas de chuva e raios ainda devem o ocorrer na tarde e noite de hoje em todas as regiões paulista. Na Grande São Paulo, na região de Campinas, Sorocaba e no vale do Paraíba, as pancadas de chuva são esperadas para antes do fim da tarde e pode chover forte. O litoral paulista também terá chuvas no decorrer da tarde e à noite. Em Minas Gerais, a quinta-feira amanheceu com grande quantidade de nuvens e chuva em muitas localidades entre a Grande Belo Horizonte, o Triângulo Mineiro, o Sul de Minas e a Zona da Mata Mineira. Na capital mineira, a chuva caiu forte na noite de ontem e em parte da madrugada de hoje. Em um dos pontos de medição do Instituto Nacional de Meteorologia, foram acumulados 33,6 milímetros de chuva entre 22 horas de ontem e 1 hora da madrugada de hoje. Depois da longa seca do inverno, Belo Horizonte terminar o mês de setembro com mais chuva do que a média, que é de aproximadamente 40 milímetros. Na região de Dores do Indaiá choveu quase 43 milímetros ontem. A região de Varginha, no sul mineiro, amanheceu com chuva fraca. No Espírito Santo, a nebulosidade aumentou bastante, mas pouca chuva foi observada até o início da manhã de hoje. Em Presidente Kennedy, no sul do Estado, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou cerca de 13 milímetros entre 5 horas de ontem e 5 horas de hoje. Mas hoje as condições de chuva são maiores, pois a frente fria ainda está próxima do litoral capixaba. No Estado do Rio de Janeiro, esta frente fria provocou chuva generalizada na segunda e na terça-feira, mas hoje também volta a chover por todo o estado.

Outra frente fria no fim de semana das eleições

Esta primeira semana de primavera começou e vai terminar com chuva no Sudeste do Brasil. A frente fria que hoje ainda está perto do Espírito Santo se afasta para alto-mar até o sábado que vem, mas outra frente fria já está chegando ao litoral de São Paulo. O novo sistema avança na manhã de hoje pelo litoral de Santa Catarina e amanhã já estará influenciando o sul de São Paulo. Durante o fim de semana das eleições, esta frente fria segue pela costa do Sudeste e ajudando a aumentar a nebulosidade e as condições de chuva em todos os Estados. Além da chuva, espera-se uma queda de temperatura acentuada sobre os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e em todo o centro-oeste e sul de Minas Gerais. O domingo de eleições deve ser um dia nublado, com chuva e sensação de frio em todas as áreas, incluindo as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Na Grande Vitória, o sol deve aparecer entre muitas nuvens, mas a condições de chuva também são altas.