Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Vento passa de 100km/h no Rio Grande do Sul

07/09/2009 às 11:51
por Josélia Pegorim

Uma
rápida e forte queda de pressão atmosférica aconteceu sobre o Sul do Brasil, o Paraguai, o Uruguai e o centro-norte da Argentina, por conta da organização de uma nova frente fria e de um ciclone extratropical. A baixa pressão atmosférica gerou fortes rajadas de vento e também uma explosão de nuvens carregadas sobre o Sul do Brasil. No começo da tarde do feriado de 7 setembro, as pancadas de chuva e as rajadas de vento já eram sentidas em quase todas as áreas da Região Sul. Pela manhã, houve queda de granizo em Carazinho. Em Bagé, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, uma rajada de vento chegou a quase 108 km/h, por volta da 13 horas. No mesmo horário, começava a chover na serra gaúcha, com rajadas de vento de 73 km/h em Bento Gonçalves e de 71 km/h em São José dos Ausentes. Os registros são das estações meteorológicas operadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia. A situação é de alerta em todo o Sul do Brasil nesta terça-feira, por conta do risco de chuva intensas, com fortes rajadas de vento (acima de 70 km/h), além de raios e trovoadas. As rajadas de vento podem ocorrer mesmo sem estar chovendo. Os ventos devem diminuir de intensidade só a partir de quinta-feira. Além da chuva e da ventania, o Sul do Brasil enfrenta nova queda de temperatura no decorrer desta semana. Compare a evolução da nebulosidade na Região, em apenas 3 horas. A primeira imagem corresponde a situação das 6h15 da manhã desta segunda-feira. A segunda imagem mostra a enorme quantidade de nuvens que já havia no Sul, às 9h15. O horário é referente a Brasília. sul_1_7set2009 sul_2_7set2009