Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sul do Brasil em alerta: chuva de setembro já supera a média

11/09/2009 às 21:02
por Josélia Pegorim

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), através do distrito de Porto Alegre, divulgou o balanço parcial dos totais de chuva acumulados nos Estados do Sul do Brasil em setembro. O levantamento corresponde ao volume de chuva acumulado do dia primeiro até as 9 horas desta sexta-feira, considerando a malha de estações meteorológicas convencionais e automáticas operadas pelo Inmet. Em 11 dias, a maioria das estações já registrou quantidade igual ou superior à média histórica para setembro.  Só isto já é motivo de alerta e preocupação, pois com a chuva absorvida até agora o solo já está ficando saturado e os rios cheios, alguns até alcançando a cota de alerta de transbordamento, como acontece em rios do planalto norte de Santa Catarina, área próxima da divisa com o Paraná. Daqui para frente, o risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamento de córregos e rios só vai aumentar. A situação é de alerta permanente. CHuvaSUl_set2009parte Confira na tabela abaixo os totais acumulados em cada estação medidora da Região Sul e os volumes médios de referência para setembro. Cidades do planalto e da serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, além da região de Santa Maria (depressão central gaúcha) e Irati, no centro-leste do Paraná, já acumulam mais de 200 milímetros de chuva, valores superiores às médias dos meses mais chuvosos.  No caso de Bom Jesus, na serra gaúcha, já foram acumulados em 11 dias de chuva quase 298 milímetros, quase o dobro do normal para setembro. O maior volume médio mensal de chuva na região é de 171 milímetros no mês de janeiro. Totais de chuva (em milímetros) acumulados entre o dia primeiro de setembro e 9 horas de 11 de setembro de 2009.

PARANÁ

UF ESTAÇÃO

TOTAL MÊS

MÉDIA

PR CAMPO MOURAO

140.1

138.1

PR CASTRO

153.9

126.4

PR CURITIBA

131.5

115.4

PR IRATI

209.1

155.4

PR IVAI

144.2

141.1

PR LONDRINA

133.9

99.7

PR MARINGA

89.9

120.8

PR PARANAGUA

93.1

115.1

RIO GRANDE DO SUL

UF ESTAÇÃO

TOTAL MÊS

MÉDIA

RS BAGE

141

149.2

RS BOM JESUS

297.7

166.2

RS CAMBARA DO SUL

229.8

161.5

RS CAMPO BOM

144.1

156.0

RS CAXIAS DO SUL

179.1

204.1

RS CRUZ ALTA

168.9

157.6

RS ENCRUZILHADA DO SUL

140.6

141.1

RS IBIRUBA

189.0

169.2

RS IRAI

211.9

159.8

RS LAGOA VERMELHA

210.9

170.0

RS PASSO FUNDO

210.7

206.8

RS PELOTAS

52.4

129.3

RS PORTO ALEGRE

121.7

139.5

RS RIO GRANDE

85.8

122.8

RS SANTA MARIA

212.4

153.6

RS SANTA VITORIA DO PALMAR

29.4

105.6

RS SANTANA DO LIVRAMENTO

188.8

118.0

RS SAO LUIZ GONZAGA

100.4

174.6

RS TEUTONIA

178.6

166.1

RS TORRES

187.3

136.2

RS URUGUAIANA

49.0

101.9

SANTA CATARINA

UF ESTAÇÃO

TOTAL MÊS

MÉDIA

SC CAMPOS NOVOS

225.2

177.9

SC FLORIANOPOLIS

53.6

126.8

SC INDAIAL

126.9

122.1

SC LAGES

155.0

132.6

SC SAO JOAQUIM

186.0

169.2

Não há expectativa de longo período seco no Sul durante a Primavera que se aproxima. Ao contrário, por conta do novo evento El Niño que se fortalece na parte central e leste do Oceano Pacífico, a Região Sul tende a ter chuvas frequentes e quantidades acumuladas na estação acima do normal. O que se vê agora já pode ser considerado efeito do El Niño. Além da chuva da atual frente fria que atua no Sul do Brasil, um novo sistema já está sendo esperado para a próxima quarta-feira no Rio Grande do Sul.