Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tempestade de areia

27/07/2010 às 15:33
por Josélia Pegorim

O Ma
r Vermelho, entre a África e a Arábia Saudita, foi coberto por densas cortinas de areia no sábado passado, 24 de julho.  Foi mais uma tempestade de areia, que é um grande levantamento de areia do deserto provocada por ventos fortes. O vento também faz o paredão de poeira se movimentar. A imagem abaixo foi capturada pelo sensor MODIS do satélite Terra, operado pela NASA/Estados Unidos. Além do manto uniforme de areia que se espalhou pelo Mar Vermelho, no momento da imagem, a areia soprava do continente para o mar como se fossem jatos saindo de uma mangueira. Na parte inferior da imagem, os jatos de areia (plumas) saíram do Sudão. Na parte superior, a pluma mais densa vinha do deserto do Saara. No dia 25 de julho, do outro lado, na costa oeste da África, a areia do Saara era expelida sobre o Oceano Atlântico Norte. É como se fosse uma massa de ar empoeirada, quente e seca, que sai do Saara para o Atlântico Norte. Esse ar empoeirado viaja, em geral, de 3 a 5 dias sobre o Atlântico. As correntes de ar superior levam a poeira até a Amazônia e estudos científicos já comprovaram que os grãos de areia do Saara têm um papel importante na formação de grandes nuvens que provocam tempestades sobre o norte do Brasil. Esses jatos de areia passam com certa frequência sobre as ilhas Canárias e as ilhas Cabo Verde.