Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tempestades no Atlântico Norte

29/08/2013 às 11:56
por Josélia Pegorim

As águas do Oceano Atlântico Norte estão mais quentes do que o normal. O excesso de calor facilita o crescimento de áreas de tempestades. Vários núcleos de nuvens carregadas crescem na costa noroeste da África e depois deslocam-se pelo Atlântico Norte. A imagem de satélite Meteosat -9 foi divulgada pela NOAA, dos Estados Unidos, no dia 28 de agosto de 2013 os núcleos de instabilidade que formam a ZCIT (Zona de Covergência Intertropical), na convergência dos ventos Alíseos. No Hemisfério Norte, os ventos sopram de nordeste para sudoeste, trazendo o calor do continente africano que se junta ao calor e ao úmido das águas do oceano facilitando o crescimento das tempestades tropicais, que são um dos estágios que antecedem o furacão. A NOAA já confirmou que a temporada de furacões do Atlântico Norte deste ano, que está entrando no seu pico,  caminha para ser mais ativa do que a média, com maior úmero de tempestades.