Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Tempo nas capitais na virada para 2010

30/12/2009 às 12:17
por Josélia Pegorim

O an
o de 2009 foi marcado por um excesso de chuva por quase todo o Brasil. Parte da culpa da chuvarada é do El Nino e até no finalzinho, a chuva ainda dará muito trabalho aos meteorologistas. No último dia do ano, nas festas para celebrar a chegada de 2010, o coração do previsor do tempo torce para não chover, mas as conclusões das análises técnicas apontam para a chuva por quase todo o país. Não chover nesta época é muito difícil, porque o ar úmido e quente que predomina sobre o Brasil é o principal fator para a formação de nuvens carregadas que provocam ao menos as pancadas de chuva à tarde e à noite. Quando uma frente fria avança pelo litoral da Região Sul e do Sudeste, é como juntar a chuva com vontade de chover. Para complicar o tempo nas vésperas do Ano Novo, outra frente fria chega ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro justamente no dia 31 de dezembro de 2009. A passagem deste sistema aumenta ainda mais as condições de chuva por todo o Sudeste. Na cidade de São Paulo, a chuva fina e o vento friozinho vão acompanhar os paulistanos para a chegada de 2010. Antes disso, as condições de chuva são altas para a massa de homem e mulheres que vão correr a São Silvestre. Mas a expectativa é de que a chuva seja fraca. Com a chegada da frente fria ao Rio de Janeiro, as condições de chuva também aumentam muito. A capital fluminense sofreu com os temporais nos últimos dois dias. A previsão é de que a festa de Ano Novo aconteça com chuva, até com moderada intensidade. O vento do mar deve soprar constante e vai ajudar a diminuir o calor intenso e o abafamento dos últimos dias. Em Belo Horizonte, a chuva não tem dado trégua desde o início do mês. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a capital mineira já acumulou 60% de chuva a mais do que o normal. A virada para 2010 deve ser com céu nublado e mais chuva. Das capitais do Sudeste, a chance de chuva é pequena apenas para a Vitória, onde 2009 termina muito abafado. No Sul do Brasil, a chuva só não deve atrapalhar a festa dos portoalegrenses. A capital gaúcha deve entrar em 2010 com muitas nuvens, mas sem chuva. Os ventos polares vão refrescar os gaúchos, que andam sentindo muito calor nos últimos dias. Em Florianópolis, e nas demais praias de Santa Catarina, a passagem do Ano Novo deve ser com céu nublado e chuva fraca. O vento do mar moderada e um pouco frio pode até incomodar. Depois de dias com calor de 30 graus, Curitiba vai receber 2010 com um céu nublado e chuva leve. O vento polar também chega a cidade e a temperatura fica amena. Até no Nordeste há preocupação com chuva forte nos Estados do Maranhão e do Piauí. A chuva volumosa que caiu sobre Teresina nesta quarta-feira alagou várias ruas na cidade. A chance de pancadas de chuva na hora da virada para 2010 é grande em Teresina e em São Luís, capital do Maranhão. Em todas as outras capitais do Nordeste, e localizadas à beiramar, o ano de 2010 deve começar com calor, ventos moderados e pouca chance de alguma chuva. No Norte do Brasil, o tempo fica firme na virada só mesmo em Boa Vista, capital de Roraima. Em Belém, Macapá e Palmas, as pancadas de chuva podem ser moderadas a fortes. Em Rio Branco e Porto Velho também há chance de chuva na virada para 2010, porém de forma rápida.