Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Temporais no Amazonas

25/10/2010 às 11:59
por Josélia Pegorim

O fi
m de semana foi marcado por fortes pancadas de chuva em grande parte do Estado do Amazonas.  Na capital, Manaus, o  Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 50 milímetros entre o sábado e o domingo. Mas no começo da manhã do domingo choveu forte também, acumulando 47 milímetros somente entre 7 e 10 horas, pelo horário de Brasília. O total acumulado desde o início do mês era de aproximadamente 110 milímetros, até o meio da manhã do dia 24, sendo que a média normal para outubro fica em torno de 126 milímetros. A sequência de imagens de satélite abaixo mostra um grande número de núcleos de nuvens pesadas que cresceram sobre o Amazonas na madrugada e manhã do domingo, 24 de outubro, provocando temporais. A cor amarela indica nuvens com as áreas de chuva mais intensas. Porém, a maioria destes núcleos passou sobre regiões do Amazonas onde não há instrumento de medição para saber a quantidade de chuva que caiu e nem os ventos, que normalmente são muito intensos em nuvens deste tipo. Entre 10 horas do domingo e 10 horas desta segunda-feira, 24, o Inmet registrou 49,6 milímetros na região de São Gabriel da Cachoeira, perto da fronteira com a Venezuela,  46,4 milímetros em Eirunepé, perto da divisa com o Acre, 31,6 milímetros em Barcelos, próxima da fronteira com a Venezuela e 26,6 milímetros em Tefé, na margem do rio Solimões, no norte do Amazonas. Embora de forte intensidade e em várias áreas distintas do Amazonas, estas pancadas ainda são poucas para reverter o quadro de baixos níveis de água observado nos principais rios que cortam o Estado. A seca deste ano já é uma das maiores dos últimos anos. Normalmente, o Amazonas tem pancadas de chuva nesta época, mas em geral em pequenas áreas e pouco volumosas. O período de chuva regular começa em dezembro. O ar úmido e quente predomina sobre o Amazonas no decorrer da semana e todo o Estado terá mais pancadas de chuva. Porém, a expectativa é de que sejam chuvas em geral rápidas e mal distribuídas sobre o Estado.